Isilda Gomes vence com maioria absoluta

pub
pub

Lagos_Anuncio

Em Portimão, o Partido Socialista (PS) regressou às maiorias absolutas e Isilda Gomes já não precisa de fazer acordos ou alianças com eleitos de outros partidos para governar a Câmara ao longo dos próximos 4 anos.

O PS ganhou estas eleições em toda a linha: para a Câmara, para a Assembleia Municipal e para as três freguesias do concelho. No total arrecadou 8.896 votos (44,56%), contra 4.862 da coligação Servir + Portimão (24,36%), 2.327 do Bloco (11,66), 1.553 da CDU (7,78%) e 1.175 do Nós, Cidadãos! (5,89%).

Dos  48.497 portimonenses inscritos foram depositar o seu voto 19.962, o que significa que a taxa de abstenção se fixou nos 58,84%.

O PS elege 4 representantes para a Câmara, o Servir + Portimão 2 e o Bloco de Esquerda mantém o que tinha.  A maior derrota vai para a CDU, que perde o vereador que tinha.

Fazendo a comparação com os resultados de há 4 anos, constata-se que Isilda Gomes e a sua equipa recuperam 2.975 votos. Em sentido contrário andou a lista da coligação Servir + Portimão (CDS/PSD/MPT/PPM) que ‘facturou’ menos 2.157 do que os conseguidos em 2013 pelas listas do Servir Portimão e PSD. Muito provavelmente uma parte destes votos tiveram como destinatária a lista do Nós, Cidadãos!, constituída, em boa medida, por pessoas que até há bem pouco tempo eram militantes do PSD.

O Bloco de Esquerda, que voltou a apostar em João Vasconcelos, manteve o essencial dos votantes de há 4 anos (teve uma quebra ligeira de 92 votos). Já a CDU teve a maior descida da noite, ao ver escapar 832 votos, cerca de um terço dos conseguidos em 2013.

Todos os eleitos

Face a estes resultados, passam a fazer parte do executivo da Câmara de Portimão: Isilda Gomes, Castelão Rodrigues, Filipe Vital e e Teresa Mendes (PS); José Pedro Caçorino e Manuel Henrique Valente (Servir + Portimão) e ainda João Vasconcelos (Bloco de Esquerda).

Para a Assembleia Municipal de Portimão, o PS elegeu 9 elementos, o Servir + Portimão 6, o Bloco de Esquerda 3, a CDU 2 e o Nós, Cidadãos! 1. Aquele órgão passa a ser constituído da seguinte forma: João Vieira, Figueiredo Santos, Sheila Tomé, Carlos Café, José Pedro Cardoso, Mariana Santos, Fernando Imaginário, Joaquim Catarino e Alzira Calha; Carlos Gouveia Martins, Marta Caetano, Natalino Alves, Pedro Pereira, Patrícia Aurélio e Hugo Mariano (Servir + Portimão); Pedro Mota, Marco Pereira e Elvira Meco (Bloco); Maria de Lurdes Melo e JOana Sanches (CDU) e ainda Cristina Velho (Nós, Cidadãos!). Têm ainda assento neste órgão os presidentes das 3 juntas de freguesia, todos socialistas.

A Assembleia de Freguesia de Portimão passa a ser constituída da seguinte forma: PS(11) – Álvaro Bila, Ilídio Poucochinho, Maria da Luz, Filipe Santos, Pedro de Jesus, Sónia Oliveira, Susana Pires, Clemente Camarinha, José Lourenço, Suzel Grade e António Mimoso; Servir + Portimão (5) – Sara Rosado, Ricardo Silva, Vítor Couto, Olga Vieira e Letícia Costa; Bloco de Esquerda (3) – Miguel Madeira, José Porfírio e Marilú Santana;  CDU (1) – Aníbal Varela e Nós, Cidadãos! (1) – Vanessa Moirinho.

A Assembleia de Freguesia de Alvor passa a ser constituída pelos seguintes eleitos: PS (7) – Ivo Carvalho, Mónica Fernandes, Francisco Correia, Maria da Glória Eduardo, Nelson Vieira, Ana Magina e Filipe Baptista; Servir + Portimão (3) – Vera Pereira, Carlos Correia e Ana Cristina Lourenço; Bloco (1) – Bruno Loirinho; CDU (1) – Manuel Canelas e Servir + Portimão (1) Sofia Varginha.

Na Mexilhoeira Grande são os seguintes os eleitos para a Assembleia de Freguesia: PS (7) – José Vitorino Nunes, Bruno Miguel Inácio, Idalécia Carmo, Humberto Martins, Filipe Pomba, Márcia Duarte e Jorge Manuel dos Santos; Servir + Portimão (1) – Raquel Boto e Bloco (1) – Telma Martins.

Leia também:

As propostas do PS para Portimão

As propostas da coligação Servir + Portimão

As propostas do Bloco de Esquerda para Portimão

(Visited 1.689 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *