Bruno Boto inaugura imobiliária em Ferragudo

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Foi inaugurada na passada Quarta-feira, 14 de Março, a Imobiliária Bruno Boto, situada em plena baixa de Ferragudo (rua Afonso de Albuquerque).

Conhecido empresário da construção civil, Bruno Boto resolveu agora entrar numa área de actividade que, depois de ter sido uma das principais vítimas da crise, recuperou o seu fulgor nos últimos anos, com um aumento constante dos preços dos imóveis.

Ainda assim, clientes parecem não faltar e um dos problemas com que muitos profissionais do sector se deparam é com a dificuldade em angariar imóveis para vender.

Uma situação que não parece preocupar Bruno Boto, que graças aos contactos e amizades feitos, ao longo de muitos anos, entre promotores, construtores e proprietários, já tem um portefólio razoável de imóveis, a que conta juntar muitos outros, a curto prazo.

Também não prevê que vá ter falta de potenciais compradores, uma vez que “mesmo antes de abrir a imobiliária, estavam constantemente a perguntar-me se não tinha conhecimento de casas para vender”. Igualmente da parte de proprietários que queriam vender era frequente a ele recorrerem em busca de potenciais compradores. Essa foi, de resto, uma das razões que o levou a abraçar este novo desafio empresarial.

A “satisfação dos nossos clientes” é o seu principal lema, o que implica “honestidade e transparência totais”, desde logo por uma questão de ética, mas também porque entende que essa é a melhor estratégia de sucesso, que faz com que proprietários e compradores passem a palavra e recorram à sua empresa não apenas uma vez, mas de forma contínua.

Bruno Boto não vai ter a sua imobiliária direccionada para apenas um determinado tipo de propriedades e imóveis ou clientes, mas está no mercado para servir “da mesma forma e com o mesmo empenho e profissionalismo tanto pessoas que pretendam adquirir um imóvel de 100 mil como de um milhão de euros”.

A inauguração da imobiliária, que contou com a presença de um vasto conjunto de amigos, clientes e autarcas, não só do concelho do Lagoa, mas de outros, como o de Portimão, teve lugar no exacto dia em que celebrou mais um aniversário, o que significa que foi uma festa a ‘dobrar’.

Tratou-se de uma circunstância não planeada, garante o empresário, com um sorriso. A abertura da imobiliária deveria ter ocorrido umas semanas antes, só que, entretanto, as obras de adaptação do espaço atrasaram-se um pouco e a abertura de portas acabou por acontecer no seu dia de anos.

 

 

Leia também:

Lagoa vai ter Tribunal do Comércio para servir todo o Barlavento

Detido suspeito de roubo de 230 mil euros a idosos

Proprietários têm até Junho para limpar propriedades sem multas

(Visited 1.210 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.