PSD de Portimão contra alteração da data de realização da Feira de S. Martinho

pub

A Comissão Política do PSD de Portimão critica a Câmara de Portimão pela alteração da data da Feira de São Martinho.

Em comunicado, aquela estrutura partidária acusa a autarquia de cortar com a origem histórica do evento. Recorda que a edição deste ano iniciou-se no passado dia 2 e “vai terminar a 11 Dia de São Martinho (tradicionalmente o dia do início), perdendo todo o simbolismo da sua criação e o esplendor de outrora ser o ponto alto desta celebração”.

No documento, o PSD/Portimão lembra que “as feiras de Silves e Portimão têm uma origem histórica, realizando-se há séculos em datas fixas, de modo a não colidirem, permitindo que as duas localidades pudessem usufruir do mesmo direito”.

Para registo histórico, assinala o PSD que “as datas remontam a 1662 quando D. Afonso VI emitiu o Alvará para a criação da Feira Franca de São Martinho na Vila Nova de Portimão e que a Feira de Todos-os-Santos de Silves foi criada por D. João II em 1491, fixando as datas tal como eram respeitadas, pelo pelos em Portimão, até 2017”.

Em face de tudo isso, o PSD/Portimão questiona a Câmara de Portimão, “a bem da preservação da História e pelo bom fomento da Cultura local e regional, o porquê de ter adulterado o que vários Séculos demoraram a sedimentar”.

Notícia relacionada: Feira de S. Martinho: Câmara de Portimão acusa PSD de dizer “inverdades” e “falsidades”

 

Leia também:

Ofertas de emprego para o Algarve (6 de novembro)

Oferta de emprego para a Região de Turismo do Algarve

Oferta de emprego para fábrica

(Visited 342 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.