PSP de Portimão apanha burlões da internet

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Portimão deteve um casal que, alegadamente, cometeu cerca de meia centena de burlas.

Uma das técnicas consistia em divulgarem, através da Internet, imagens de cães de raça de preços elevados, com substanciais ‘descontos’. Feitos os contactos, os interessados em adquiri-los pagavam de imediato sinais para garantir a compra dos animais. Acontece que não havia animais e logo que recebiam as transferências, os supostos burlões deixavam de responder aos contactos dos seus interlocutores.

Segundo a PSP, outra forma de burla consistia na criação de anúncios em sites especializados de moradias e apartamentos de que não eram proprietários. Tal como em relação aos cães, também aqui colocavam um preço de arrendamento dos imóveis muito abaixo do valor de mercado, conseguindo, dessa forma, ludibriar várias pessoas. Igualmente nesta situação o que se pretendia era que as vítimas fizessem uma transferência, após o que os deixavam de conseguir contactar.

Noutros casos, os burlados só se apercebiam do embuste quando se deslocavam em férias ao Algarve e descobriam que afinal não tinham onde ficar.

As queixas começaram a surgir em diversas esquadras do país, o que levou a PSP a desenvolver uma investigação que dura há nove meses e que agora culminou com a detenção do casal e a apreensão de vários equipamentos informáticos e documentação que, para os investigadores, “corroboram os factos em investigação”.

Leia também:

GNR encerra casino ilegal, no Parchal

Subscreva a nossa Newsletter

(Visited 2.099 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.