Política

CDS quer desconto nas portagens enquanto durarem as obras na EN 125

Partilhe a notícia
pub
pub
pub
pub

O CDS quer que o Governo decida aplicar uma redução de 50% no valor das portagens na Via do Infante enquanto decorrerem as obras na E.N. 125.

Um projecto de resolução com esse objectivo foi apresentado esta Quinta-feira (7 de Abril) na Assembleia da República.

No documento, os centristas alegam que “actualmente, a EN-125 não é, decididamente, uma alternativa aceitável à A22”. Devido às obras, o “simples trajecto de 25 quilómetros entre Albufeira e Portimão pode demorar mais de 2 horas. Também num dia normal, percorrer os 54 quilómetros entre Faro e Vila Real pode demorar 3 horas”, uma situação que entendem não ser aceitável.

Outro dos argumentos invocados para o desconto pretendido tem a ver com a sinistralidade nas estradas do Algarve, devido à ‘fuga’ de veículos da Via do Infante para evitar o pagamento das portagens. Isso faz com que se verifique “uma taxa de sinistralidade assustadoramente crescente”.

Finalmente, há o argumento da importância turística da região para a economia nacional, o que é prejudicado pela actual situação.

Leia também:

Recomendação sobre obras na EN 125 publicada no Diário da República

Choque frontal entre PS e Bloco por causa das portagens na Via do Infante

Sou capaz de conhecer os algarvios errados

Subscreva a nossa Newsletter 




(Visited 159 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

EVENTOS NO ALGARVE