CulturaLivros

Um século de histórias sobre o acordeão no Algarve

Partilhe a notícia
pub
pub
pub
pub
pub
pub
pub

É já esta Quinta-feira, 14 de Abril, que é apresentado o livro “O Acordeão no Algarve – Um Século de Histórias e Memórias”, de Nuno Campos Inácio.  A sessão terá lugar pelas 19 horas, no  Hotel Hilton, em Vilamoura.

Um dos motivos suplementares de interesse desta apresentação é a presença de quatro campeões do mundo do acordeão. São eles: o italiano Pietro Adragna, o sérvio Maric Petar, o francês Eric Bouvelle e o espanhol Julien Gonzalez.

De acordo com o autor, este livro ser “um contributo para o enriquecimento da história e da cultura algarvia”, tendo como foco a história e as histórias do acordeão no Algarve, num percurso de praticamente um século.

Este é o resultado de “um desafio lançado à Arandis Editora por Francisco Sabóia, fundador da Casa Museu do Acordeão, localizada em Paderne e organizador das 25 Galas Internacionais do Acordeão realizadas no Algarve”. Como fontes, contou com “todo o valioso espólio documental do arquivo do Museu do Acordeão, que foi colocado à minha disposição, juntamente com o arquivo do Jornal “A Avezinha”, de Arménio Aleluia, indispensável à moldagem inicial da obra. A estas fontes primordiais, foram-se somando contributos individuais de acordeonistas e de familiares de acordeonistas, que foram enriquecendo o trabalho.”

O livro conta com mais de 400 páginas, 600 imagens e 800 referências a pessoas ligadas à história do acordeão no Algarve.

Leia também:

Editora Arandis juntou escritores algarvios

Súmula histórica do dialecto algarvio

Livros usados a preço simbólico à venda… no Mercado




Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 237 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

EVENTOS NO ALGARVE