Dupla operação de transporte de órgãos passa por Faro

pub
pub

Um avião Falcon, da Força Aérea Portuguesa, desenvolveu esta Quinta-feira (21 de Abril) uma dupla operação, considerada “complexa”, de transporte de órgãos humanos. Um deles foi recolhido em Faro e o outro na Ilha de Tenerife, Espanha.

A missão teve início por volta das 21h30, após uma solicitação do Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC). Pelas 00h30, o Falcon 50 descolou de Lisboa com destino a Faro, onde aterrou pelas 01h00, tendo aí deixado uma equipa médica para efectuar a programada recolha.

De seguida, dirigiu-se a Tenerife, onde aterrou pelas 03h25. Nesta ilha, desembarcou outra equipa médica encarregue da recepção dos órgãos, regressando, então, a aeronave ao Aeroporto de Faro. Por parte da Força Aérea, a operação ficaria concluída pelas 6H20, hora a que o Falcon 50 aterrou no Aeródromo de Figo Maduro pelas 06h20, tendo, a partir daí, ficado a cargo das duas equipas médicas envolvidas a missão de transporte final dos órgãos.

Segundo a Força Aérea, este tipo de missões exige “uma prontidão de resposta e uma coordenação de acções exigentes.” Há a ter em linha de conta “as distâncias entre as instituições envolvidas, a multiplicidade de intervenientes e os tempos úteis para o cumprimento do objectivo”, ainda mais quando, como foi o caso, as recolhas envolvem uma dupla operação, em Portugal e Espanha, país com o qual há um acordo que permite que os órgãos disponíveis não sejam desperdiçados por falta de receptor.

Ao longo deste ano, a coordenação entre a Força Aérea efectuou mais de uma dezena de missões de transporte de órgãos.

Leia também:

Detenção no final de operação de remoção de barcos

Câmara algarvia admite seis trabalhadores

Câmara de Faro contrata 13 assistentes operacionais para as escolas




Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 1.437 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.