Câmara de Lagoa com mais dinheiro e menos dívida

pub
pub

A Câmara de Lagoa fechou 2015 com mais dinheiro em caixa, melhores resultados líquidos e menos dívidas.

Estes dados positivos resultam, em boa medida, do aumento da arrecadação de impostos, em especial do IMT, e também do facto da autarquia não ter realizado um elevado volume de investimento ao longo do ano (apenas pouco mais de 3 milhões).

De acordo com os documentos de prestação de contas, recentemente aprovados, no final do ano passado, a autarquia tinha contas para pagar de ‘apenas’ 4,7 milhões de euros, o que significa que reduziu a dívida em quase 4 milhões de euros.

O resultado líquido foi de quase 3,9 milhões de euros, uma evolução, igualmente, positiva, face ao apurado no final de 2014: 1,9 milhões. Ao longo do ano, a câmara conseguiu poupar quase 3,6 milhões de euros, o que fez com que, ao fechar as contas, tenha disponível, em caixa e depósitos, um valor recorde de 12,2 milhões de euros.
Esta verba vai servir para levar a cabo um plano de investimentos bem mais ambicioso do que o desenvolvido em 2015, pois o deste ano tem uma verba total prevista de 12,6 milhões contra os 3,2 do ano transacto.
Uma parte substancial do dinheiro será utilizada em intervenções de requalificação urbana e reparação e asfaltamento de ruas e estradas (3,4 milhões).  Outra área que também vai ‘comer’ uma fatia grande dos recursos da autarquia é a do abastecimento de água (previsão de pouco mais de 2 milhões de euros). Aliás, esta é, claramente, uma das vertentes em que é necessário investir bastante, uma vez que, segundo se pode ler no relatório de gestão, o volume de perdas de água no concelho é muito elevado: 34%.

Leia também:

Retoma do imobiliário enche os cofres da Câmara de Lagoa




Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 296 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.