Artes de pesca arrastadas para a zona de banhos

A Polícia Marítima (PM) levou a cabo uma operação de remoção de 45 covos de pesca que haviam sido arrastados a zona de banhos da Meia-Praia.

Segundo informação da PM, o alerta foi dado pelos nadadores-salvadores da praia, por colocarem os banhistas em perigo. O aparecimento dos covos naquela zona deverá ter a ver com as condições de mar bastante alterosas, que os terão arrastado.

Dado o alerta deslocaram-se ao local quatro agentes da Polícia Marítima que, com o auxílio de viaturas de todo-terreno e com a colaboração dos próprios nadadores-salvadores, efectuaram a recolha e o posterior transporte das artes de pesca para fora do areal. Dado o elevado número de covos, e para ter a certeza de que não ‘escapariam’ alguns, a operação acabou por se estender por dois dias.

 Leia também:

Acesso interdito ao molhe leste da barra Faro/Olhão

(Visited 683 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.