Mortos e feridos nas praias

pub
pub

Esta época balnear promete ser de grande actividade e exigência para os que têm por missão ajudar e socorrer quem se desloca ao Algarve em busca de sol e praia.

De acordo com as informações que têm vindo a ser divulgadas pela Autoridade Marítima Nacional (AMN), só ao longo do mês de Junho já morreram três pessoas em praias algarvias.

Um dos casos fatais deu-se na praia dos Três Pauzinhos (Vila Real de Sto. António), no dia 10 de Junho. Tratou-se do afogamento de um jovem de 16 anos, numa praia que, na altura, não tinha ainda vigilância.

No dia 25 de Junho foi um surfista que acabou por não resistir a uma paragem cardiorrespiratória, na praia do Amado. Uns dias mais tarde, também devido a paragem cardiorrespiratória, faleceu uma mulher de 74 anos de idade, na praia dos Olhos de Água (Albufeira).

Para além destes casos mortais, têm ocorrido vários outros incidentes dos quais resultaram feridos. Foi o caso de um praticante de parapente que caiu e ficou em estado grave e de um de kitesurf, que embateu com grande violência no areal após uma manobra que não se desenvolveu como previsto. Na praia do Pinhão um banhista ficou ferido e teve de ser levado ao hospital depois de um mergulho que correu mal.

Outra situação que dá que fazer a quem tem de socorrer os veraneantes tem a ver com quedas de falésias. Ao longo da primeira metade do ano houve várias situações de resgate e socorro de pessoas que caíram das arribas. O caso mais recente deu-se em Albufeira, com o registo de um ferido grave. Uns dias antes, os bombeiros tiveram que socorrer um turista que subiu a uma falésia e acabou por não ser capaz de descer.

As arribas são uma fonte de preocupação por outra razão: a possibilidade de desmoronamento. Ainda recentemente deu-se um numa praia do concelho de Lagoa que, felizmente, não teve consequências humanas. No entanto, há muitas outras arribas que podem vir abaixo e que são, por isso, um perigo para os banhistas que procuram as suas sombras. Nas de maior risco foi colocada sinalização alertando os utilizadores das praias para que se afastem delas. A ver vamos isso é suficiente para evitar qualquer tragédia.

Leia também: 

Socorro a banhista ferido

Atenção ao perigo de derrocada nas arribas

Praticante de kitesurf socorrido na praia


(Visited 437 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.