Biografia do fotógrafo Júlio Bernardo pode vir a caminho

pub
pub

Este Sábado, 23 de Julho, na Feira do Livro de Portimão, falou-se de fotografia e de fotógrafos. O autor convidado foi Carlos Osório que, na bagagem, levou os seus dois livros: “Francisco Oliveira – Um Fotógrafo de Portimão” e “Fonseca Dias – Fotógrafo de Vila Nova de Portimão”.

A edição destas duas obras, apresentadas em Maio, no Museu de Portimão, resultou de uma grande paixão que o autor tem pela fotografia e pela terra em que vive, Portimão.

O livro mais extenso e que deu mais trabalho é o que tem Francisco Oliveira como protagonista. Carlos Osório considera-o um amigo, mas um amigo discreto e reservado, que não gosta muito de falar de si.

Daí que a recolha de informação tenha sido demorada, tal e qual como, antigamente, o eram as revelações de fotografias: “foi preciso esperar, ter paciência, ver a imagem a aparecer e depois esperar que secasse“. O livro biográfico resultou de muitas conversas, da consulta de álbuns de fotografia e de investigação complementar, consumiu muito tempo, mas valeu a pena, pois “fiquei mais rico após conhecer a vida deste grande fotógrafo do Algarve, seguramente o mais antigo da região”.

A paixão de Carlos Osório pela fotografia acompanha-o ao longo de, praticamente, toda a vida, mas “muito mais como coleccionador de imagens do que como alguém que as produz”.

Essa paixão vai, muito provavelmente, fazer com que avance para a edição de biografias de outros fotógrafos ilustres de Portimão, entre os quais a do mais conhecido do grande público, Júlio Bernardo. O seu espólio fotográfico foi adquirido pelo Museu de Portimão, pelo que tem aí muito material de pesquisa. Dos contactos que manteve com os filhos do fotógrafo ficou com a ideia que “eles vêem com bons olhos” esta possibilidade, pelo que serão outras fontes importantes para levar a bom porto esta missão.

Caso se decida por avançar, tem à sua espera uma enorme ’empreitada’. Tendo em conta que Júlio Bernardo era um homem de muitos talentos e de grande e multifacetada obra – fotografia, cinema, pintura – está convencido que vai ter de elaborar não um, mas, pelo menos, dois ou três volumes sobre o fotógrafo.

Este Domingo, a partir das 21H30, é Fernando Reis Luís que vai estar na Feira do Livro de Portimão. Os convidados da Arandis Editora para os dias seguintes são: Clarinha Silva (25, Segunda);  Luís Peres (26, Terça); Sérgio Brito (27, Quarta), João Vasconcelos (31, Domingo), Jorge Magalhães (1 de Agosto, Segunda), José Pacheco (2, Terça) e Fátima Peres(3, Quarta).

A Feira do Livro de Portimão funciona numa tenda instalada na zona ribeirinha de Portimão. Vai estender-se até 21 de Agosto e tem as suas portas abertas entre as 19 e as 24 horas.

Leia também: 

Livros contam a vida e obra de dois fotógrafos ilustres

Um mar de livros em Portimão

A investigação local não tem o relevo que devia ter

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 317 times, 1 visits today)
pub

pub

pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.