Docente da Universidade do Algarve faz parte de grupo de peritos da ONU

A professora catedrática e directora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Algarve, Maria João Bebiano, faz parte de um Grupo de Peritos da ONU na área do Estado do Ambiente Marinho.

Este Grupo de 25 elementos tem por missão elaborar o processo regular de avaliação do Estado do Ambiente Marinho para o período 2017-2020, incluindo os aspectos sócio-económicos.

Esta é a segunda fase de um processo que já produziu um primeiro relatório sobre o estudo de base da avaliação do Estado do Ambiente Marinho.

Nesta segunda fase vai ser elaborado um manual para os decisores sobre cada um dos processos globais identificados, tendo por objectivo analisar e identificar lacunas e necessidades em avaliação científica, incluindo os aspectos socioe-conómicos e as necessidades de pessoal em determinadas áreas de formação.

Além de Portugal, representado por Maria João Bebianno, dentro dos Estados da Europa Ocidental e outros Estados estão representados peritos do Reino Unido, Grécia, Estados Unidos da Améria e Austrália. Prevê-se que o grupo de peritos agregue elementos das Agências das Nações Unidas, tal como a Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco e o Programa das Nações Unidas para o Ambiente (UNEP).

O Grupo de Peritos reunir-se-à periodicamente na Sede das Nações Unidas e terão ainda lugar dois grupos, de cinco workshops cada, nas diferentes regiões geográficas.

 

Leia também:

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 130 times, 1 visits today)
pub

pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.