Biografia de actor algarvio vai ser apresentada

No próximo dia 22 de Outubro, Sábado, pelas 17 horas, vai ser apresentada, na Biblioteca Municipal Álvaro de Campos, em Tavira, a obra “António Pinheiro – Um nome para a História do Teatro Português”.

Da autoria de Luís Gameiro, e editado pela Arandis Editora, o livro é o resultado de um extenso trabalho de investigação sobre a vida e obra de António Pinheiro, um tavirense que teve um importante papel social no mundo do teatro, criando sistemas de apoio aos artistas dramáticos. Em 1902 criou a Caixa de Socorros dos Artistas do Theatro D. Amélia e, em 1907, fundou a Associação de Classe dos Artistas Dramáticos. Em 1915 foi a vez de fundar a Associação de Classe dos Trabalhadores do Teatro, embrião do futuro Grémio dos Artistas Teatrais.

Responsabilizou-se directamente pela formação de novos actores, promovendo a criação de novos currículos do curso de Arte de Representar assegurando, como professor, a disciplina de Estética e Plástica Teatral no Conservatório Nacional.

Nascido em Tavira, a 21 de Dezembro de 1867, estreou-se na arte teatral em 1886, no Teatro Ginásio, na peça “Nobres e plebeus”. Teve um papel de destaque na peça “Viriato Trágico”, de Júlio Dantas, em 1900, interpretação que o colocou definitivamente na categoria de actor profissional.  Ao longo da sua extensa carreira integrou várias companhias de teatro, como: “Rosas & Brazão”, “Sociedade Artística” e “Rey Colaço – Robles Monteiro”. Foi igualmente um importantíssimo ensaiador/encenador.

Despediu-se dos palcos em 1933 interpretando a figura do Cardeal D. Henrique, na peça “Dom Sebastião”, pondo fim a uma carreira que contava com interpretações em mais de 2.500 actos. Faleceu em Lisboa, no dia 2 de Março de 1943.

A ligação de Luís Gameiro com as áreas artísticas do cinema, da literatura e do teatro levou a que este técnico superior de Arquivo no Arquivo Nacional das Imagens em Movimento da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema escolhesse uma das mais incontornáveis figuras do Teatro português como tema para a elaboração da sua tese de mestrado.

As origens tavirenses de Luís Gameiro, cidade onde se encontra o Cine-Teatro António Pinheiro, também terão contribuído para a escolha.

Leia também:


Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 174 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.