Exercício internacional de inactivação de explosivos decorre no Algarve

pub
pub

A Ilha da Culatra está a ser palco de um exercício internacional de inactivação de engenhos explosivos, que conta com a participação de cerca de uma centena de militares portugueses e espanhóis.

O exercício, promovido pela Marinha Portuguesa, iniciou-se no dia 17 e desenvolve-se ate esta Sexta-feira, 21 de Outubro.

Os trabalhos contam com a participação de dois destacamentos de mergulhadores sapadores nacionais – o Destacamento de Mergulhadores Sapadores Nº1 (DMS1), especializado em inactivação de engenhos explosivos convencionais e improvisados e o Destacamento de Mergulhadores Sapadores Nº3 (DMS3) especializado na vertente de Guerra de Minas. Ambos os destacamentos nacionais operam embarcados no navio hidrográfico D. Carlos I.

Participa ainda no exercício a Unidade de Mergulhadores (Buceadores) de Contramedidas de Minas (UBMCM) embarcada no navio da Armada Espanhola Las Palmas. Ambos os navios rumaram à área de exercícios da Ilha da Culatra onde anualmente são conduzidos os exercícios e a formação IEE dos mergulhadores nacionais.

Sendo a inactivação de engenhos explosivos uma actividade multidisciplinar, o exercício MAGRE PRT 16 envolve unidades de diversas valências, tendo como principal objectivo o treino de inactivação de engenhos convencionais e improvisados, em ambiente marítimo, abrangendo uma área de operações desde os 20 metros de profundidade até à linha de praia.
O exercício contou, na sua fase inicial, com o emprego de Veículos Submarinos Autónomos (AUVs) Gavia e Seacon do DMS3, equipamentos dotados de sensores de última geração com capacidade para efectuar buscas submarinas em grandes áreas.
Foi, também, utilizado um helicóptero Allouette III da Força Aérea Portuguesa que, em apoio às unidades de mergulhadores, permitiu o treino de projecção e retracção de mergulhadores.

As anteriores edições foram realizadas, alternadamente, sob a responsabilidade da Armada Espanhola e da Marinha Norte-americana, sendo conduzidos nas áreas de exercícios dos portos de Cartagena e de Rota.

Leia também:

Detido por roubos fica em prisão preventiva


Subscreva a nossa Newsletter 
(Visited 158 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.