Câmara de Lagos vai antecipar pagamento da dívida que tem para com o Estado

pub
pub

A Câmara Municipal de Lagos pretende antecipar o pagamento da dívida que tem para com o Estado, resultante da sua adesão ao Plano de Apoio à Economia Local (PAEL).

De acordo com a presidente da edilidade, Joaquina Matos, o que se pretende fazer é liquidar toda a verba, no valor de cerca de 6,8 milhões de euros. Ao mesmo tempo será feito um empréstimo bancário de 4 milhões de euros, o que significa que, na prática, há uma redução da dívida de 2,8 milhões de euros.

A grande vantagem em passar os remanescentes 4 milhões de dívida do Estado para uma instituição bancária é que “vamos ter juros mais baixos”. A taxa que o poder central está a cobrar é de “2,4% e pensamos que podemos negociar um juro inferior com a banca”, o que faz com que, por esta via, a autarquia acabe por poupar muito dinheiro.

O PAEL foi um instrumento lançado pelo Governo para apoiar as autarquias locais que estavam em pior situação financeira e que não conseguiam resolver os seus problemas de outra forma. Na altura, os juros definidos eram mais baixos do que os praticados no mercado, mas, agora, com a quebra que se tem vindo a registar, aparentemente, já haverá vantagem em liquidar as contas com o Estado e recorrer à banca. No caso de Lagos, este processo deverá arrancar ainda ao longo do corrente ano.

Leia também:

Fim-de-ano com os Xutos & Pontapés em Lagos

PSP de radar em punho (Novembro) 

(Visited 203 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.