Aljezur adere a projecto de conservação da biodiversidade

pub

A Câmara de Aljezur formalizou uma parceria no âmbito do Projecto TerraSeixe Gestão Ambiental Partilhada no Sudoeste de Portugal com o GEOTA – Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente e a Acção Ambiental para o Barlavento Algarvio, consórcio coordenador do projecto, tendo em vista a submissão de uma candidatura ao programa comunitário CRESC Algarve 2020.

A candidatura tem um valor global da candidatura de 75.000 euros e será comparticipada a 70% por aquele programa.

O projecto nasceu de preocupações com o estado de conservação da biodiversidade na Bacia Hidrográfica da Ribeira de Seixe (BHRS), mais especificamente, com a vulnerabilidade com a espécie Carvalho de Monchique (Quercus canariensis), espécie endémica desta região.

Como resultado destas preocupações, e com interesse em criar sinergias e redes colaborativas a nível local que promovam o desenvolvimento das comunidades locais, foi criada em Agosto de 2015 uma parceria entre o GEOTA e a Acção Ambiental para o Barlavento Algarvio, que, actualmente, envolve diversas outras entidades.

Trata-se de um projecto piloto de carácter transdisciplinar na área da conservação da biodiversidade, uso do solo e das alterações climáticas. Em particular, com a protecção e conservação de espécies de distribuição restrita, como sejam as espécies endémicas e com a necessidade de ordenar e gerir este território com vista a torná-lo mais resiliente face às alterações climáticas, que já se fazem sentir ou que se prevejam e em relação às quais o Sul de Portugal é particularmente vulnerável.

Leia também:

Pescar sargos pode dar multa de 37 mil euros

(Visited 66 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.