Compensação financeira para comerciantes por causa das obras

pub
pub

A Câmara de Lagoa decidiu indemnizar os comerciantes que têm vindo a ser afectados pelas obras levadas a cabo no centro da cidade.

Depois de, numa primeira fase, ter isentado os comerciantes do Mercado Municipal do pagamento de rendas, a autarquia decidiu, agora, compensar financeiramente os empresários da zona que foram prejudicados, tendo, para o efeito, definido um conjunto de critérios.

Esta decisão foi tomada por unanimidade, uma vez que os vereadores da oposição (PSD) consideram que se trata de uma medida de “inteira justiça”.

Em comunicado, aqueles eleitos referem que a intervenção tem causado “danos anormais” aos empresários daquela zona, pelo que, de acordo com a interpretação que fazem da legislação, “não restava outra alternativa adequada senão promover a respectiva indemnização por esse sacrifício.”

Apesar de terem votado favoravelmente, os vereadores do PSD não deixam de criticar a maioria socialista, uma vez que entendem que este processo indemnizatório “é resultado de uma intervenção em que não foram acautelados a particularidade de uma intervenção deste tipo em contexto urbano, muito sensível e portador de especificidades muito próprias”.
Estas obras continuam a desenvolver-se no Largo Alves Roçadas, Rua Dr. Manuel de Arriaga, Praça da República e Rua Coronel Figueiredo, prevendo-se que fiquem concluídas em finais de Março, início de Abril.

Leia também:

Ofertas de emprego para o Algarve (22 de Fevereiro)

(Visited 260 times, 1 visits today)
pub

pub
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.