Cristóvão Norte denuncia falta de pediatras na Maternidade do Hospital de Portimão

O deputado Cristóvão Norte, eleito pelo PSD, considera que “o facto da Maternidade do Hospital de Portimão funcionar sem pediatria é da maior gravidade e uma grosseira violação dos mais elementares procedimentos médicos, colocando em risco a saúde dos recém – nascidos e das mães”.

Em comunicado, este eleito acrescenta que “o seu funcionamento nestes termos apenas poderá conduzir a uma tragédia”.

Em concreto, Cristóvão Norte refere dois episódios que terão ocorrido no passado Sábado na maternidade do Hospital de Portimão, em que “tiveram lugar dois partos sem pediatra, num dos casos com graves complicações, as quais levaram a que o recém-nascido tivesse que ser reanimado”.

Os partos deveriam ter sido realizados por um pediatra, mas acabaram por ter sido levados a cabo por um médico de outra especialidade. O deputado quer que estas situações sejam “objecto de abertura de inquérito”, pois “é grave e irresponsável que o CHUA não assegure pediatras na unidade de Portimão, de modo a garantir a segurança no funcionamento dos serviços, designadamente no bloco de partos, berçário, neonatologia e internamento de pediatria, já que os mesmos acolhem um significativo número de recém-nascidos e de crianças, mas é mais grave ainda permitir que a maternidade funcione assim”.

Ao mesmo tempo, exige que o Governo tome “as medidas adequadas, designadamente prover a unidade dos médicos necessários e, até que o consiga assegurar, não permitir a realização de partos sem que estejam cumpridas as regras mínimas de segurança”.

Leia também:

Lagoa vai ter Tribunal do Comércio para servir todo o Barlavento

Detido suspeito de roubo de 230 mil euros a idosos

Proprietários têm até Junho para limpar propriedades sem multas

(Visited 137 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.