Espectáculo de teatro em Loulé

A Folha de Medronho – Associação de Artes Performativas, sediada em Loulé, apresenta na próxima Quinta-feira, 29 de Março, pelas 21h30, no Cine-Teatro Louletano a peça “Alguém me sabe dizer se o meu chapéu está bem posto?”, no âmbito dos CENÁRIOS – XIII Mostra de Teatro do Concelho de Loulé.

O espectáculo baseia-se em textos de Karl Valentin e Pedro Malaquias, com encenação de João de Mello Alvim e produção e interpretação de Alexandra Diogo. Sara Mendes Vicente assina a assistência de produção e apoio vocal, cabendo a Martim Santos a sonoplastia, design e comunicação, bem como a Rafael Guerreiro a assistência de comunicação.

A peça desenrola-se em torno do seguinte enredo: sozinha em cena e na vida, tendo como interlocutor vários animais de estimação, uma mulher da limpeza, ou técnica assistente de higiene e limpeza, reflecte em voz alta sobre o que vê e ouve nos pequenos mundos onde o seu dia-a-dia se consome.

A narrativa não segue uma lógica. São pensamentos soltos em voz alta, desfile de pequenas estórias que constroem uma vida, pedaços agridoces de um mundo que gira entre a crueldade, o sarcasmo e o ‘nonsense’. Deliberadamente é um espetáculo que não quer ditar uma moral, mas também não tem a pretensão de ser amoral. Com tanta moralidade proclamada que nos entra pelos olhos e ouvidos dentro diariamente, para logo depois ser esquartejada, o melhor é ser o espetador a escolher o chapéu que lhe interessa e perguntar: “Alguém me sabe dizer se o meu chapéu está bem posto?”.

O espectáculo tem a duração de 55 minutos, dirige-se a maiores de 12 anos e tem um custo associado por pessoa de 5 euros, sem descontos aplicáveis.

Leia também:

Esculturas em rotunda vão homenagear o Rancho Folclórico do Calvário

Câmara de Portimão investe mais de um milhão de euros na manutenção de espaços verdes

Ofertas de emprego da semana

(Visited 75 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.