Cuca Roseta, Bezegol e Toy actuam em Salir

A vila de Salir recebe, nos próximos dias 10, 11 e 12 de Maio, mais uma edição da Festa da Espiga, evento que encerra todas as tradições da serra algarvia e que constitui um dos mais importantes cartazes turísticos do interior. Este ano, o evento volta a apostar na música e tem como cabeças-de-cartaz Toy, Cuca Roseta e Bezegol & Rude Bowy Banda.

A Quinta-Feira da Espiga – data em que se celebra também o Dia do Município de Loulé – é o momento alto das festividades, com o tradicional desfile etnográfico, mas durante três dias são muitas as propostas, seja em termos musicais, de folclore, gastronomia ou artesanato, para quem visita Salir à procura do Algarve genuíno.

No Dia da Espiga, 10 de Maio, momento em que a população vai para os campos apanhar a tradicional espiga, a partir das 9h00, Salir é palco de um Passeio BTT e de um Passeio Pedestre “Trilhos da Espiga”, que irão permitir aos participantes um contacto com o património ambiental e as belezas naturais da Serra do Caldeirão.

A abertura das Tasquinhas com manjares e petiscos serranos acontece às 13h00, seguindo-se a abertura das exposições de produtos regionais e a atuação do grupo Artesãos da Música.

Às 16h00, acontece o momento mais esperado: o desfile etnográfico em representação das principais actividades agrícolas e artesanais desta freguesia, algumas delas em vias de extinção, desde as sementeiras, mondas, ceifas, debulhas, fabricação de pão, apanha do medronho e destilação, apicultura e extracção de cortiça, o varejo do figo, amêndoa e alfarroba, artesanato de linho, lã, palma, esparto, cestaria de verga. Durante o desfile, os “poetas” populares irão declamar poemas ou quadras feitos de improviso ou preparados, em registo de mensagem em tom de brincadeira aos responsáveis municipais, para pedir ou agradecer as obras feitas na terra.

Neste momento participam também o Rancho Folclórico “As Mondadeiras das Barrosas” e o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão (Cortelha).

Às 21h00 há baile com Rui Soares & Lau e, pelas 23h00, sobe ao palco Toy.

No dia 11 de Maio, Sexta-feira, a Festa da Espiga é dedicada aos seniores com uma tarde plena de animação.

A versão nocturna do tradicional desfile etnográfico acontece nesta Sexta-feira, a partir das 20h30, seguindo-se uma Grande Noite de Fado, com Filipa Nobre, o projecto “Amália Sempre” que reúne várias vozes do Fado na região, e Cuca Roseta. A noite encerra com a animação do baile tradicional com Gonçalo Tardão.

O último dia de festividades, Sábado, 12 de Maio, será mais direccionado para os mais novos, com um dia preenchido por actividades para as crianças e jovens: III Torneio de Futebol “Os Espiguinhas” e a Tarde das Espiguinhas.

Como tem sido tónica nos últimos anos, a Festa da Espiga encerra com as sonoridades da música moderna portuguesa. Para este ano as propostas são Bezegol & Rude Bowy Banda, artista que, com um timbre rouco inconfundível, é hoje um dos grandes “poetas urbanos” do panorama musical nacional.

Todas iniciativas da Festa da Espiga têm entrada livre.

Leia também:

Câmara de Lagoa disponível para pagar rotunda na EN 125

Mais uma grande superfície para o Algarve

Câmara de Portimão quer vender terreno do ‘Complexo Desportivo’

(Visited 224 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.