Novo projecto musical une Algarve e Açores

Lagoa celebrou as festas em honra do Divino Espírito Santo, numa iniciativa conjunta com uma delegação do município açoriano homónimo. 

A comitiva de Lagoa – Açores, composta por membros do Executivo, do Gabinete da Presidência, do Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz e de uma equipa de cozinheiras das tradicionais sopas do Divino Espírito Santo, esteve em visita ao concelho de Lagoa e participou nas festas.

Para além da abertura do Quarto do Divino Espírito Santo, que esteve em exposição pública na Sala da Roda do Convento de São José, o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz e o Grupo de Cantares Fonte Nova apresentaram, no Auditório Carlos do Carmo, o seu mais recente trabalho discográfico:  “Germinações”. Trata-se de um álbum colectivo composto por 10 temas, cinco da autoria de cada um dos grupos, que assinala os 10 anos de geminação entre as duas cidades e traduz o cancioneiro de ambas as culturas.

Este trabalho surge no ano em que o Grupo de Cantares Fonte Nova de Lagoa (Algarve) assinala 30 anos de actividade.

Um dos momentos altos das festividades foi o tradicional cortejo da Coroa do Divino Espírito Santo em direcção à Igreja Matriz de Lagoa para a missa solene. Seguiu-se a procissão rumo ao Largo do Auditório Municipal Carlos do Carmo, onde foram servidas as tradicionais Sopas.

A animação musical esteve a cargo do Grupo de Cantares Fonte Nova, Grupo de Cantares Tradicionais da Universidade Sénior de Lagoa, Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz de Lagoa – Açores e Rancho Folclórico do Calvário.

Leia também:

Eleições no Clube Naval de Portimão interrompidas por “suspeitas de graves irregularidades”

Lista B contra interrupção das eleições no Clube Naval de Portimão

Câmara de Portimão ganha processo de milhões de euros

(Visited 66 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.