Conservatório de Música de Loulé inaugurado

O Primeiro-Ministro, António Costa, esteve em Loulé, acompanhado pela sua equipa ministerial ligada à Educação – Ministro Tiago Brandão Rodrigues e os Secretários de Estado Alexandra Leitão e João Costa – para presidir à inauguração do Conservatório de Música de Loulé. 

A partir de agora, o Sul do País passa a ter também uma escola pública direcionada para o ensino integrado de Música, que se irá juntar aos conservatórios de Braga, Porto, Aveiro, Coimbra e Lisboa nesta rede nacional.

O Conservatório de Música de Loulé terá como patrono o Professor Francisco Rosado, grande impulsionador do Encontro de Música Antiga de Loulé, e vai funcionar no Solar da “Música Nova” (Solar da família Barros e Aragão), edifício abrasonado do século XVIII que sofreu profundas obras de reabilitação nos últimos meses.

Em articulação com os agrupamentos escolares, ali irá funcionar um estabelecimento escolar com 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico (do 5º ao 9º ano) e do Ensino Secundário (do 10º ao 12º ano) no domínio do ensino artístico especializado da Música. São cerca de 300 os alunos vindos de várias partes do Algarve que irão integrar o Conservatório. 

Parte deste espaço (3 das 18 salas de aula) será ocupado pela Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva, associação cultural centenária do Concelho, ligada desde sempre à Música, que terá ali a sua nova sede e também a sua Escola de Música com cursos livres de diversos instrumentos.

Em fase de conclusão está um Auditório Municipal que irá servir as necessidades de espaços para atividades culturais na cidade.

A Câmara de Loulé foi responsável pela cedência do espaço e pelas obras de reabilitação do mesmo, um investimento de perto de 3 milhões de euros. 

Para além da salvaguarda do edifício, o objetivo inerente a esta recuperação foi o de melhorar e reforçar as infraestruturas de apoio ao ensino de música. 

“O objeto urbano, agora irradiante de beleza e alegria, que tanto bem nos fará, servirá também para ser vivido pelas dezenas e centenas de professores e alunos que a partir deste dia aqui se dedicarão ao ensino e aprendizagem da música”, sublinhou o autarca, Vítor Aleixo. Este responsável considerou ainda que esta obra constitui uma “verdadeira peça urbana sinfónica” e que é “um marco e ponto de viragem para um novo ciclo de regeneração urbana da cidade” onde se enquadram outras intervenções como a recuperação do Palácio Gama Lobos, a musealização dos Banhos Islâmicos ou a recuperação total da Igreja Matriz.

Até ao próximo sábado vai ser possível visitar as instalações do Conservatório de Música de Loulé e todo o espaço do Solar que faz parte da memória coletiva e identitária dos louletanos. Os horários das visitas são os seguintes: quinta-feira e sexta-feira, das 13h00 às 20h00; sábado, das 9h30 às 16h30.

 

Leia também:

Incêndio destrói cabeleireiro

Explosão resultante de fuga de gás faz dois feridos

“Infraestruturas de Portugal” impede Câmara de Lagoa de limpar e embelezar rotundas

(Visited 224 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.