Rota do Petisco nasceu como uma brincadeira de amigos e agora é um grande evento regional

pub
pub

Já arrancou e desenvolve-se até 26 de maio mais uma edição da Rota do Petisco, que, este ano, abrange 12 concelhos e 303 estabelecimentos.

Como sempre, os participantes têm de adquirir um Passaporte, onde estão indicados todos os estabelecimentos aderentes e escolherem aqueles em que querem petiscar. O valor de cada menu nos restaurantes (petisco + bebida) é de 3 euros, enquanto que nas pastelarias custa 2 euros e integra um doce e bebida.

Este ano, o certame realiza-se mais cedo do que é habitual. Maria Nobre de Carvalho, da entidade organizadora, a Teis D’Impulsos, diz que essa alteração resultou de um inquérito levado a cabo, na edição anterior, junto dos participantes e dos responsáveis dos estabelecimentos.

Daí resultou a conclusão de que maio é o mês ideal, uma vez que “ainda não estamos na época alta, mas as pessoas querem sair de casa, passear e provar coisas novas e as equipas dos restaurantes estão mais preparadas e frescas nesta altura”.

Hoje, a Rota do Petisco é já uma referência e um grande evento regional, mas nem sempre foi assim. Quando se iniciou esta caminhada, há quase 9 anos, foi como “uma brincadeira de amigos”. Inclusivamente, a duas semanas da data agendada para o arranque, Maria Nobre de Carvalho confessa que “ainda nem sabíamos se a Rota ia mesmo para a frente”.

Leia também:

Os bons petiscos da Rota em Portimão

Os bons petiscos que pode saborear em Lagoa

Os bons petiscos que pode provar em Lagos

(Visited 209 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub