Obras na Catedral de Silves

pub
pub
pub
pub

Começaram ontem, 4 de setembro, as obras de recuperação do pavimento em madeira da Catedral de Silves.

A intervenção fica a cargo do Serviço de Conservação e Restauro da Divisão de Cultura, Turismo e Património e do Serviço de Carpintaria da Divisão de Obras Municipais e Trânsito da autarquia, que realizará trabalhos para reparar patrologias e danos identificados.

A intervenção deverá ter uma duração de cerca de 92 dias e seguirá uma metodologia com elevado caráter conservativo, nomeadamente procedendo-se à recuperação da madeira existente, à sua limpeza, desinfestação, consolidação, preenchimento de lacunas, substituição de restauros dissonantes e aplicação de camada de proteção.

A intervenção neste espaço, classificado como Monumento Nacional, foi previamente aprovada pela tutela – a Direção Geral do Património Cultural -, tendo sido desenvolvido antecipadamente o diagnóstico do estado de conservação pela equipa de Conservação e Restauro da autarquia, recorrendo a um minucioso mapeamento de patologias.

Esta intervenção pretende garantir a salvaguarda do pavimento existente, seguindo o princípio da intervenção mínima que deve orientar sempre as intervenções de conservação e restauro, bem como a segurança das pessoas que circulam diariamente por aquele monumento nacional.

A construção da Sé de Silves teve início no século XIV (sendo a cátedra do Bispo do Algarve até 1577), possui características arquitetónicas e estilísticas dessa época (gótico). Após o terramoto de 1755 e das obras realizadas no espaço em sua consequência ganhou uma feição Barroca, materializada na Torre Sineira e na Porta do Sol. É Monumento Nacional desde 1922.

 

LEIA TAMBÉM:

Uma tarde diferente em Veneza, perdão, em Ferragudo

Duas ofertas de emprego para câmara algarvia

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 122 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub