Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica

pub

O  Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR deteve, esta terça-feira, 14 de janeiro, em Faro, um homem de 26 anos de idade, por suspeita de prática do crime de violência doméstica.

Em comunicado, aquela força de segurança revela que “no decorrer da investigação, foi possível aos militares da GNR apurar que o homem agredia, injuriava e ameaçava de morte, de forma reiterada, tanto a sua companheira de 34 anos, como a sua própria mãe, uma idosa de 70 anos, tendo numa das situações chegado mesmo a atear fogo à residência da família”.

No seguimento das diligências, os militares deram cumprimento ao mandado de detenção.

Presente ao Tribunal Judicial de Faro, o homem viu ser-lhe aplicada a  medida de coação de proibição total de contactos com as vítimas e afastamento da residência, controlado por pulseira eletrónica.

Leia também:

Estas ruas de Portimão e Alvor vão ser arranjadas

Veja onde vai estar a PSP com o radar

Três ofertas de emprego no Algarve


OS NOSSOS VÍDEOS

(Visited 170 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev