Obras na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital do Barlavento preocupam deputados

pub
pub
pub
pub

Os deputados do PSD eleitos pelo Algarve vão questionar o Ministério da Saúde sobre “se entende oportuno o encerramento durante dois meses da Unidade de Cuidados Intensivos de Portimão”.

Em comunicado, Cristóvão Norte, Rui Cristina e Ofélia Ramos dizem que o encerramento resulta da decisão do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA) de realizar obras de manutenção na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI ).

No documento adiantam que “tal decisão obrigou, desde já, a que os únicos três pacientes Covid-19 da região internados nos cuidados intensivos e sujeitos a ventilação fossem deslocados para o Hospital de Faro”.

Acrescentam, ainda, que, “segundo o que é público, a obra – orçada em 23.000 euros – respeita a restauração do piso de um corredor da unidade”.

Estes deputados vão apelar à ministra que, caso esta decisão venha a manter-se, “a obra em causa seja realizada de modo rápido – trata-se de um mero arranjo de chão de um corredor -, pois não faz sentido que uma obra de tão pouca envergadura obrigue a tanto tempo de encerramento”.

Isto porque, enquanto decorrer a intervenção, “a região verá diminuída a sua capacidade de resposta, drasticamente no caso do barlavento algarvio,o que, em razão da incerteza reconhecida pelo Governo sobre a evolução da doença, causa apreensão e pode vir a revelar-se uma decisão precipitada”.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Ponto de situação em Portimão

Covid-19: Lagos deixou de ter casos ativos

Funcionários das creches começam a ser testados

(Visited 93 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub