Protesto e apresentação de livro marcaram comemoração dos 500 anos de Ferragudo

pub

As festividades dos 500 anos da fundação de Ferragudo decorreram esta sexta-feira, 21 de agosto, e foram compostas por uma marcha de protesto e pelo lançamento de um livro.

O protesto, que envolveu cerca de duas centenas de pessoas, teve como alvo o projeto de alargamento do canal de navegação do rio Arade para permitir a entrada no Porto de Portimão de navios de cruzeiro com comprimento até 334 metros.

A iniciativa, que contou com as participações dos presidentes da Junta, Luís Veríssimo, e da Câmara, Luís Encarnação, bem como de vários membros do seu executivo e de autarcas de outras freguesias (Estômbar e Parchal e Lagoa), foi aproveitada para recolher mais algumas assinaturas para a petição que pede a suspensão deste processo.

Seguiu-se a apresentação pública do livro «Barlavento: Histórias do Algarve», da autoria de Luís António dos Santos, que contou com uma pequena representação teatral, alusiva à fundação de Ferragudo.

LEIA TAMBÉM:

Ofertas de emprego para escolas

Covid-19: Algarve ultrapassa fasquia de mil casos

Covid-19: Ponto de situação em Portimão (21 de agosto)

(Visited 46 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub