Câmara de Albufeira apoia empresas do concelho

A Câmara de Albufeira concluiu o pagamento da segunda fase do Fundo de Apoio Empresarial por si promovido. No total, foram 591 as candidaturas aceites.

Com uma dotação inicial de 1 milhão de euros, o Fundo atingiu na sua primeira fase um total de 235 candidaturas aprovadas, 131 foram de Empresários em Nome Individual e 104 de Sociedades Comerciais, que se traduziram num apoio de 470 mil euros.

Uma vez que a verba destinada ao Fundo não se esgotou na primeira fase, foi aberta uma segunda que alargou o leque de destinatários. Nesta fase o número de aprovações atingiu as 356 candidaturas, sendo 238 de Empresários em Nome Individual, 19 de Profissionais Liberais, 97 de Sociedades Comerciais e 2 de Cooperativas.

Somando as duas fases de candidaturas, o valor inicialmente estipulado foi superado em € 182.000 o que levou o executivo municipal a estender a dotação orçamental de maneira a responder na íntegra a todas as solicitações em condições de aprovação. Esta medida permitiu que se atingisse um valor total de € 1.182.000.

Considerando ambas as fases do Fundo, foram admitidas 591 candidaturas, sendo que 369 foram de Empresários em Nome Individual, 19 de Profissionais Liberais, 201 de Sociedades Comerciais e 2 de Cooperativas.

“As medidas de contenção à propagação do Covid-19 provocaram a paragem da economia, gerando graves consequências para os empresários, sendo que muitos dos agentes económicos foram obrigados a parar as suas atividades, não conseguindo cumprir as suas obrigações” justifica José Carlos Rolo.

O autarca sublinha que “o Município de Albufeira desenvolveu um conjunto de ações de apoio a famílias e agentes económicos para responder às necessidades do tecido económico local, nomeadamente através deste Fundo, uma medida em que fomos pioneiros e em que tudo fizemos para admitir todas as candidaturas em condições de serem aprovadas, o que nos levou a estender a dotação orçamental inicialmente prevista”.

José Carlos Rolo não coloca de parte a criação de uma terceira fase, mas adianta que “estamos a trabalhar com os nossos parceiros, nomeadamente as IPSS e as Associações Empresariais na criação de novos programas que sejam mais abrangentes e que possam trabalhar em rede, até porque temos tido a preocupação de interligar todos os agentes económicos e sociais que operam no concelho”.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Mais 63 casos e uma morte no Algarve

Passagens de nível em obras

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 18 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub