Covid-19: Situação agrava-se em Lagos

Ontem, no concelho de Lagos foram contabilizados 22 novos casos de Covid-19, informa a Câmara local, em mais um ponto de situação.

Com mais este acréscimo, o número total de casos em 14 dias passou a ser de 191, o que faz com que o concelho se mantenha no patamar de risco extremamente elevado de contágio.

Desde o início da pandemia já foram detetadas 1.747 pessoas infetadas, tendo 1.532 recuperado e 27 falecido. Nesta altura, e de acordo com o documento, há 188 casos ativos naquele concelho algarvio.

Entretanto, e em função do agravamento da situação epidemiológica, a Câmara de Lagos decidiu encerrar, temporariamente, o Mercado de Escravos, a Igreja de Santo António e o Forte Ponta da Bandeira.

Lagos está, atualmente, sujeito às seguintes restrições:

– Limitação da circulação na via pública a partir das 23h00;

– Teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam;

– Restaurantes, cafés e pastelarias abertos até às 22h30. A lotação máxima no interior é de 6 pessoas por grupo e nas esplanadas de 10;

– Os espetáculos culturais têm o mesmo horário da restauração;

– Os espaços de comércio a retalho funcionam até às 21 horas;

– Casamentos e batizados com 50 % da lotação;

– Permissão de prática de todas as modalidades desportivas, sem público;

– Permissão de prática de atividade física ao ar livre e em ginásios;

– Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela Direção-Geral da Saúde (DGS);

– Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

LEIA TAMBÉM:

Acidente mortal em Portimão

Veja onde vai estar a PSP com o radar

GNR ‘pesca’ mais de uma tonelada de droga

(Visited 394 times, 1 visits today)
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub