“Não podemos continuar a ter Portimão na gaveta”

pub
pub

O CHEGA apresentou, esta terça-feira, a equipa com que vai concorrer aos cinco órgãos autárquicos de Portimão.

Como candidato à presidência da Câmara, aquele partido avança com Pedro Xavier que, em 2013, foi eleito pelo PSD e que, posteriormente, acabou por aceitar pelouros no executivo camarário, contribuindo, dessa forma, para que o PS tivesse condições para governar o município sem problemas políticos de maior.

Na sua intervenção lembrou que quando entrou na Câmara “não havia dinheiro nem para comprar papel higiénico ou uma caneta”. Garantiu que foi muito difícil dar a volta a essa circunstância, pelo que, defende que “não vale a pena prometer tudo, senão voltamos a esse passado”.

Nos últimos anos, a situação financeira da autarquia melhorou consideravelmente, mas constata que isso não teve reflexos relevantes para o concelho, que “se encontra estagnado em termos de desenvolvimento”, o que provoca desemprego, precariedade e sazonalidade.

Os jardins, as vias de comunicação e a zona ribeirinha encontram-se “abandonados” e até alguns dos projetos e iniciativas, aos quais, enquanto vereador, tinha dado o primeiro impulso foram, na sua opinião, adiados ou esquecidos.

Pedro Xavier diz ver que “muita coisa foi posta na gaveta e estou aqui porque não podemos continuar a ter Portimão na gaveta”.

Para mudar este estado de coisas e atrair investimento para o concelho vai colocar no seu programa eleitoral a proposta de construção de “duas zonas empresariais, uma na Mexilhoeira Grande e outra em Portimão”. Pretende também instalar uma gare para servir as embarcações marítimo-turísticas e estudar a hipótese de passar para os serviços da Câmara a gestão do transporte urbano Vai e Vem.

O candidato considera que um dos problemas que mais afetam os residente e muitas pessoas que gostariam de se instalar em Portimão é a falta de habitação a preços que possam pagar e por isso quer que os programas anunciados pelo Governo para esse fim sejam devidamente aproveitados.

Casamento deu origem à candidatura

Também presente na sessão esteve o líder distrital do CHEGA, João Graça, que considerou ser “histórico” o facto do seu partido apresentar candidaturas às 16 câmaras da região, bem como a 14 assembleias municipais e a 47 freguesias.

João Graça aproveitou a oportunidade para ‘disparar’ contra o Partido Socialista que “odeia o Algarve”. O há muito anunciado Hospital Distrital continua a ser uma miragem, os valores das portagens na Via do Infante são, na sua opinião, demasiado elevados e qualifica as verbas da ‘bazuca’ que vão chegar à região como “uma ninharia”.

Quanto a Portimão, uma das principais críticas que faz à gestão socialista é a forma como não tem investido na manutenção e requalificação das vias de comunicação, em especial, das duas principais entradas, que “são uma vergonha”.

Na sua intervenção, o líder distrital do partido de André Ventura achou por bem divulgar a forma como acabou por convidar Pedro Xavier para candidato do CHEGA. Trata-se de alguém que apenas conheceu há cerca de três meses, no âmbito da sua atividade profissional de oficial de registos, quando o agora candidato apareceu na conservatória em que trabalha para… casar.

No decorrer da conversa que tiveram no final da cerimónia, “disse-lhe que era líder distrital do CHEGA e ele falou-me da sua experiência autárquica em Portimão”. Trocaram contactos e, “de vez em quando, falávamos por telefone”.

Quando o seu partido decidiu não avançar com o candidato que inicialmente estava previsto, acabou por convidar Pedro Xavier que, ao fim da segundo ou terceiro pedido, aceitou a missão.

Agora, o que lhe pede é que conquiste Portimão, mas só desde que “não coma papéis nem fure as filas”.

São os seguintes os candidatos do CHEGA:

CÂMARA MUNICIPAL

N.º 1 – Pedro Humberto Castelo Terras Xavier;

N.º 2 – Rosária de Fátima Vicente Bailadeiro;

N.º 3 – Luís Carlos Lança de Oliveira;

N.º 4 – João Paulo Marques da Silva; 

N.º 5 – Maria José Moreira das Neves;

N.º 6 – Jorge Alexandre Perdigão Pereira De Vasconcelos;

N.º 7 – Filipe Alexandre António De Sousa; 

N.º 8 – Isa Isabel Gonçalves Banza

——————————

ASSEMBLEIA MUNICIPAL

N.º 1 – Mário Nelson De Barradas Espinha;

N.º 2 – Paulo Jorge Nascimento Canha;

N.º 3 – Maria Manuela Santos Trigo;

N.º 4 – Rui Manuel Henriques Nunes Chaves;

N.º 5 – Luís Filipe Lourenço Custódio;

N.º 6 – Patrícia Alexandra Gonçalves Ferro;

N.º 7 – Jorge Daniel Alves Carneiro De Melo;

N.º 8 – Rodrigo Jorge Tomé Jeremias;

N.º 9 – Anabela Henriques Nunes Chaves;

N.º 10 – Rui Alberto Pires;

N.º 11 – Filipe Manuel Aleixo António;

N.º 12 – Lúcia Maria Leitão Gonçalves Plechin; 

N.º 13 – Luís Filipe De Almeida Ramalho;

N.º 14 – Fábio Jorge Viana Costa;

N.º 15 – Elisabeth Rose Van Der Merwe e Silva; 

N.º 16 – Álvaro Pedro Van Der Merwe e Silva Nogueira; 

N.º 17 – Richard Moreira Reis; 

N.º 18 – Márcia Filipa dos Santos Ramos 

——————————

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE PORTIMÃO

N.º 1 – Jorge Manuel Ferreira Vieira;

N.º 2 – Pedro Ricardo Guisado Rodrigues; 

N.º 3 – Neusa Maria Da Luz e Silva Graça Fernandes; 

N.º 4 Miguel Ângelo Vicente Martins, 

N.º 5 – Armando José Parrinha Gonçalves;

N.º 6 – Jaquelina Hilário Lúcio Borralho; 

N.º 7 – Nuno Miguel Da Silva Giestas;

N.º 8 – Nuno Miguel do Rosário Santos; 

N.º 9 – Goreti Vanessa De Novais e Lima;

N.º 10 – Oleg Plechin; 

N.º 11 – Miguel Ângelo Polici Oliveira dos Santos; 

N.º 12 – Maria Manuela Fernandes Monteiro; 

N.º 13 – Alcides Frederico Moraes Werner; 

N.º 14 – Valentim José Ramos Prego Dias; 

N.º 15 – Ana Carina Mateus Nóbrega;

N.º 16 – Filipe Vieira Rodrigues; 

N.º 17 – Rui Manuel Henriques Nunes Chaves

——————————

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ALVOR

N.º 1 – Paulo Jorge Canhina Simões;

N.º 2 – Sérgio Manuel De Campos Pires; 

N.º 3 – Telma Sofia Andrez Gil; 

N.º 4 – Ivan Miguel Moniz Cepinha; 

N.º 5 – Hélder da Cunha Reis; 

N.º 6 – Susana Cláudia Gomes Rocha; 

N.º 7 – Artur Teixeira Pacheco;

N.º 8 – Cidália Maria Andrez Prates 

——————————

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA MEXILHOEIRA GRANDE

N.º 1 – Marco André Coelho Marreiros; 

N.º 2 – Pedro Miguel Dos Santos Lourenço; 

N.º 3 – Zulmira Maria Guerreiro Gonçalves; 

N.º 4 – Tiago Miguel Gingeira Grou; 

N.º 5 – Nelson André Gamboa Nunes; 

N.º 6 – Patrícia Alexandra Gonçalves Ferro; 

N.º 7 – Abdul Carim Catar; 

N.º 8 – Jéssica Ferro Patrício 

LEIA TAMBÉM:

PJ detém suspeitos de homicídio de idoso

Quinze ofertas de emprego para a Câmara de Portimão

Na estrada com os Xutos & Pontapés

(Visited 1.010 times, 1 visits today)
pub

pub

pub

pub

pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev