Isilda Gomes conquista maioria absoluta em Portimão

pub
pub

O PS conquistou, ontem, mais uma maioria absoluta em Portimão, o que permite a Isilda Gomes avançar tranquilamente para o seu terceiro e último mandato.

A confortável vitória socialista abrangeu todos os órgãos autárquicos do concelho. Ainda assim, no breve discurso que fez aos seus apoiantes, já de madrugada, a autarca garantiu que “nunca tive uma campanha tão difícil”, devido aos fortes ataques políticos de que diz ter sido alvo. No entanto, acrescentou, também “nunca tive uma em que me sentisse tão apoiada” pela população.

Pelo facto de ter garantido mais de 50 mil recenseados, o executivo camarário viu aumentado o número de mandatos, que passou de 7 para 9.

O PS arrecadou 8.606 votos (39,9%), o que lhe dá direito a eleger 5 elementos. Em 2º lugar ficou a coligação Um Novo Portimão (PSD/MPT/PPM), que tinha Rui André como candidato à presidência da autarquia, com 3.785 votos (17,5%) e dois vereadores.

A campanha da Coligação Portimão Mais Feliz (CDS/Nós, Cidadãos/Aliança), que tinha o antigo vice-presidente socialista Luís Carito como grande aposta para derrotar o PS, só obteve a confiança de 2.811 portimonense (13%), o que lhe dá direito a apenas um lugar no executivo. Também o CHEGA, com 2.192 (10,1%), passa a ter representação, voltando Pedro Xavier à condição de vereador. Este político tinha sido eleito em 2013 pelo PSD, mas depois, ao longo de 4 anos, aliou-se ao PS, que não tinha maioria absoluta.

O grande derrotado destas eleições foi o Bloco de Esquerda, que, em relação às eleições anteriores, perdeu 856 votos (passou de 2.327 para 1.471 – 6,8%) e o vereador que tinha no executivo, João Vasconcelos.

Aliás, a conquista por parte do PS do 5º eleito, que lhe dá a maioria absoluta, foi feita à custa do Bloco, que impediria essa circunstância caso tivesse obtido mais 250 votos.

A CDU mantém a tendência de queda que já se vinha desenhado em eleições anteriores e não foi além dos 1.102 votos (5,1%) e o PAN arrecadou 662 (3%). Houve, ainda, 345 votos nulos (1,6%) e 604 nulos (2,8%).

A taxa de abstenção continua a ser muito elevada neste concelho, tendo atingido os 57%.

O executivo camarário passa, pois, a contar com os seguintes 5 elementos eleitos pelo PS: Isilda Gomes, Álvaro Bila, Filipe Vital, Teresa Mendes e João Gâmboa, enquanto que a coligação Um Novo Portimão elege Rui André e Ana Fazenda. O Movimento Portimão Mais Feliz fica com Luís Carito no executivo e o CHEGA com Pedro Xavier.

Como curiosidade, destaque para o facto de apenas um dos eleitos nunca ter feito parte (ou apoiado, no caso de Pedro Xavier) um executivo do PS, o social-democrata Rui André.

Confira aqui os nomes dos eleitos para todos os cinco órgãos autárquicos do concelho.

Veja aqui os resultados em todos os concelhos algarvios.

LEIA TAMBÉM:

Todos os eleitos em Portimão

Veja como votaram os algarvios

Todos os petiscos da Rota deste ano

(Visited 938 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub
pub

pub