Câmara de Lagoa recupera parte do dinheiro investido no combate à Covid-19

A Câmara de Lagoa viu ser aprovada a candidatura “Custos decorrentes do combate à pandemia Covid-19 no Município de Lagoa”, que apresentou ao Programa Operacional de Assistência Técnica – POAT.

Entre as despesas da Câmara Municipal apresentadas a financiamento contam-se os custos com: equipamento de proteção individual; limpeza, higiene e desinfeção de espaços; oferta de alimentação a famílias em confinamento; desinfetante e material para utilização desinfetante; material para delimitação de espaços de modo a fazer o distanciamento social como prevenção da doença e os custos com a criação de uma Zona de Apoio à População (ZAP), devidamente equipada, instalada no desativado Lar Santa Isabel (antigo hospital de Lagoa) para apoiar a população com o diagnóstico de Covid-19.

Com esta candidatura, que compõe um investimento de 371.488,97 euros da autarquia, no período compreendido entre 14 de março e 30 de setembro de 2020, para suportar as ações de prevenção e contenção da pandemia, assim como para apoiar quem foi atingido pelo novo coronavírus, os custos serão cofinanciados em 85,66 % por fundos da União Europeia.

“É com enorme satisfação que vimos a nossa candidatura ser aprovada, dando-nos a possibilidade de recuperar o investimento realizado na proteção da nossa população, no âmbito do combate ao Covid-19, e assim poder reinvestir esse dinheiro noutros projetos, também eles importantes para a nossa população” refere o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Luís Encarnação. 

LEIA TAMBÉM:

A demolição e consequente reconstrução das Torres da Torraltinha

O que vai mudar na circulação de trânsito na baixa de Portimão

Duas ofertas de emprego para agrupamento de escolas

(Visited 18 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub