PJ detém cinco homens por tráfico de droga, roubo, sequestro e posse de armas proibidas

pub
pub
pub

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, no Algarve cinco homens, portugueses, com idades compreendidas entre os 48 e os 65 anos, em pleno transporte de cerca de uma tonelada e meia de haxixe.

Em comunicado, a PJ adianta que o grupo, de “elevado grau de perigosidade”, para além de tráfico de droga é suspeito de “múltiplos crimes de roubo agravado, com uso de violência extrema, de crimes de sequestro e de furto qualificado, de detenção e uso de armas proibidas”.

Aquela força de investigação criminal refere, ainda, que “os arguidos agora detidos planeavam e rotinavam, antecipadamente, todos os alvos que pretendiam abordar, denotando a existência de planeamento e disponibilidade de informação acerca das vítimas e dos proventos económicos que esperavam obter, na sequência das suas abordagens criminosas, sempre efetuadas com utilização de várias armas de fogo como meio de coação e ameaça das diversas vítimas”.

Os homens atuavam, maioritariamente, na Área Metropolitana de Lisboa, mas tinham “grande mobilidade e disponibilidade de tempo para a realização das incursões criminosas, fazendo destas o seu modo de vida“.

Na posse dos homens agora detidos foram encontradas duas armas de fogo devidamente municiadas, que foram apreendidas, tal como os três veículos automóveis que estavam a ser utilizados pelo grupo, com os quais efetuavam o transporte da droga.

Os arguidos detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Sintra, tendo sido aplicada a todos eles a medida de coação de prisão preventiva.

LEIA TAMBÉM:

Homem ferido em acidente em Portimão

António Zambujo e Gisela João atuam esta semana no Algarve

Três ofertas de emprego para câmara algarvia

(Visited 428 times, 1 visits today)