Hotel Pestana CR7 no Algarve é uma possibilidade

(Este artigo também pode ser lido na edição impressa do Portimão Jornal ou online, aqui)

Leia aqui a 1ª parte da reportagem: Turismo quer colaborar na construção de habitação para atrair trabalhadores

Natural de Lisboa, onde nasceu há 62 anos, Pedro Lopes está no Algarve há muitos anos e tem sido um espetador privilegiado da evolução do turismo na região que, de uma forma geral, considera ter “corrido bem”.

Para isso muito têm contribuído “as companhias aéreas low cost que foram e são essenciais para o crescimento do mercado” através da criação de ligações diretas de Faro a diversos pontos do mundo. Já o mesmo não pode dizer da companhia aérea TAP que “nunca deu qualquer ajuda ao setor e que para nós não conta”.

Pedro Lopes mostra-se optimista em relação ao futuro do turismo na região. Mas, tendo em conta que o sol e praia é o produto que atrai a esmagadora maioria dos turistas, considera que o problema da sazonalidade vai existir sempre. Contudo, “se mantivermos na época alta os níveis atuais e conseguirmos aumentar um pouco na ‘época média’ já será muito bom, aproveitando as empresas os restantes meses para dar férias ao pessoal e fazer obras nas unidades hoteleiras”.

Alguns passos já foram dados no sentido de esbater os efeitos nefastos da sazonalidade, tendo o golfe tido um papel importante, pois atrai visitantes fora da época alta. Mas não sendo possível construir muitos mais campos, há que olhar para outras vertentes complementares, como o incremento do turismo náutico, que pode também ajudar para trazer mais visitantes.

No que a Portimão diz respeito, este profissional do setor olha com muito interesse para a possibilidade de ser construído um verdadeiro campus universitário no concelho, um projeto já anunciado, essencialmente virado para as novas tecnologias e que pode ficar ligado ao parque tecnológico do Autódromo do Algarve, que também vai avançar.

Mas fundamental mesmo para o setor seria “o alargamento da pista do aeródromo municipal, que, dessa forma, teria possibilidade de se tornar um polo de atividade importante ao longo de todo o ano”.

Os problemas da água e do lixo

Há duas outras matérias básicas que preocupam Pedro Lopes. Uma delas é o combate à crónica escassez de água, através da tomada de medidas como a utilização de água das ETARS para rega de espaços públicos e o combate às perdas no sistema de abastecimento.

Pedro Lopes mostra-se, também, a favor da construção da prevista unidade de dessalinização, apenas lamentando que só agora o processo esteja a dar os primeiros passos.

O outro problema que afeta as empresas turísticas é a recolha de lixo. Por serem consideradas grandes produtoras de resíduos passaram a estar fora do circuito de recolha da Algar e das autarquias e a terem de contratar empresas privadas.

Mas o problema maior é que essas empresas têm dificuldades em encontrar espaços onde depositar o lixo, uma vez que a maior parte não é aceite pela Algar. Isso deve-se ao facto de “os aterros que temos estarem a ficar cheios, pelo que há que tomar medidas para resolver esta questão o mais rapidamente possível”.

Grupo Pestana continua a investir no Algarve

No Algarve, o grupo Pestana tem o ‘grosso’ da sua atividade instalado no Barlavento, em especial, no concelho de Portimão, onde mantém 6 unidades de maior dimensão e algumas outras mais pequenas, num total superior a 1200 quartos e cerca de 2500 camas.

A este portefólio juntam-se ainda quatro hotéis noutras zonas, outras tantas pousadas, quatro resorts com real estate associado e cinco campos de golfe.

Nesta altura está a desenvolver um conjunto 77 unidades na zona de Carvoeiro, para venda e exploração, e a iniciar mais um grande empreendimento de imobiliário turístico, também no concelho de Lagoa, na zona do Gramacho, perto de Ferragudo.

Para já é este o ‘retrato’ do grupo na região, mas Pedro Lopes não fecha portas a outras possibilidades futuras.

A nível global, o Pestana conta com cerca de uma centena de hotéis e resorts em vários pontos do mundo. Uma das mais recentes ‘linhas’ de hotéis resulta de uma parceria com Cristiano Ronaldo e tendo em conta que o grupo pretende ter, em cada região em que atua, ofertas para todo o tipo de clientes, Pedro Lopes admite que seja uma possibilidade a criação de um hotel Pestana CR7 no Algarve. 

Leia aqui a 1ª parte da reportagem: Turismo quer colaborar na construção de habitação para atrair trabalhadores

……………….
VÍDEO EM DESTAQUE

Inauguração das novas instalações da Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão

Assista aqui a todos os nossos vídeos

LEIA TAMBÉM:

Quatro feridos em colisão entre duas viaturas em Portimão

Os eventos que vão animar Portimão nos primeiros meses de 2023

Os eventos que vamos ter no Algarve em janeiro

(Visited 1.172 times, 2 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev