Desporto

Adepto algarvio foi proibido de entrar em recintos desportivos

Partilhe a notícia
pub
pub

A Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto (APCVD) proibiu um homem, de 53 anos, residente em Faro, de entrar em recintos desportivos. Este foi identificado pela Polícia de Segurança Pública (PSP) na sequência de insultos racistas ao jogador Chiquinho, do FC Famalicão.

“O incidente, que configura ilícito contraordenacional, ocorreu no passado sábado, no jogo entre o SC Farense e o FC Famalicão, no Estádio do São Luís, referente à 21.ª jornada da I Liga, competição organizada pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP)”, revela a APCVD.

Na sequência da medida cautelar – que já foi comunicada ao visado -, o adepto “ficará impedido de aceder a recintos desportivos até final do processo de contraordenação”. De acordo com o atual regime jurídico, em caso de condenação, o infrator poderá estar sujeito a coima entre “os 1.750 e os 50.000 euros e sanção acessória de interdição de acesso a recintos desportivos até 3 anos”, explica a APCVD.

Em caso de incumprimento à medida de interdição decretada, o homem incorre no crime de desobediência e poderá ser detido pelas autoridades policiais.

……………….
VÍDEO EM DESTAQUE

À descoberta dos segredos da vila mais alta do Algarve

Assista aqui a todos os nossos vídeos

(Visited 41 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

EVENTOS NO ALGARVE