Cultura

Filme sobre Margarida Tengarrinha vai ser apresentado

Partilhe a notícia
pub
pub
pub
pub

Vai ser exibido no Algarcine, em Portimão, no próximo dia 8 de março, o filme “Clandestina”, realizado por Maria Mire e produzido pela Terratreme.

Esta longa-metragem, que vai ter exibição comercial em várias salas do país a partir de 7 de março, parte da obra “Memórias de uma Falsificadora – A Luta na Clandestinidade pela Liberdade em Portugal” de Margarida Tengarrinha (1928-2023), artista, escritora, professora que antes do 25 de Abril viveu clandestinamente em Portugal e que se tornou falsificadora de documentos por motivos de militância política. Margarida Tengarrinha nasceu em Portimão em 1928 e faleceu no último mês de outubro, na mesma cidade.

“O interesse na realização deste filme prende-se assim tanto com a urgência de tirar da sombra a ação das mulheres que de modo revolucionário combateram neste período negro da história contemporânea portuguesa, assim como o de pensar na dimensão política presente nos pequenos gestos da vida quotidiana.”, afirma Maria Mire, a realizadora, que vai estar presente na exibição do filme em Portimão.

Esta será a estreia comercial de “Clandestina”, que integrou a secção Competição Portuguesa na última edição do DocLisboa.

……………….
VÍDEO EM DESTAQUE

À descoberta dos segredos da vila mais alta do Algarve

Assista aqui a todos os nossos vídeos

(Visited 59 times, 1 visits today)

EVENTOS NO ALGARVE