Exposição sobre Loulé foi visitada por 180 mil pessoas

pub
pub

No último ano, mais de 180 mil pessoas visitaram a exposição “LOULÉ. Territórios. Memórias. Identidades” e, durante o dia de hoje (Domingo, 24 de Junho), está a ser celebrado o primeiro aniversário da mostra com várias iniciativas no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa.

A iniciativa conta com a presença do presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, e do director do Museu Nacional de Arqueologia, António Carvalho, para além de outros membros da equipa que entre a DGPC/MNA e a CML/MML se constitui para organizar esta exposição.

Ao longo da manhã já tiveram lugar dois concertos da Banda Filarmónica Artística de Minerva e uma sessão com o balanço da exposição. Esta tarde será celebrado um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Loulé e a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa/ Centro de Arqueologia (UNIARQ).

“LOULÉ. Territórios, Memórias, Identidades” apresenta mais de 7 mil anos de história do Concelho, revela costumes, hábitos alimentares e a vida quotidiana das várias civilizações que por ali passaram através de peças arqueológicas. A exposição está patente no Museu Nacional de Arqueologia (Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa), de Terça-feira a Domingo, entre as 10 e as 18 horas.

“LOULÉ. Territórios, Memórias, Identidades” é, em matéria da Arqueologia, uma espécie de “Portugal em miniatura” que espelha a História de Portugal, da Península Ibérica e da Europa. Um verdadeiro ponto de partida para uma viagem obrigatória até Loulé para descobrir o Concelho e os seus segredos mais bem guardados, como o sítio de Corte João Marques, a escrita do Sudoeste, o Cerro da Vila, o Castelo de Salir e o Centro Histórico da cidade.

Este é o resultado de 15 meses de preparação, 12 comissários científicos e executivos, 40 autores de textos, 1.200 bens arqueológicos inventariados, 504 peças expostas, 166 peças restauradas, 154 sítios arqueológicos devidamente cartografados no sistema de informação documental e geográfica, parceria com 11 instituições, 54 técnicos envolvidos, contributo de mais de 20 profissões, entre tantos outros números.

Leia também:

Ofertas de emprego para o Algarve (22 de Junho)

Bombeiros de Olhão estão a recrutar

 3 ofertas de emprego para Câmara algarvia

(Visited 117 times, 1 visits today)
pub

pub

pub
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.