“Aeroporto de Faro está a perder competitividade”

pub
pub
pub
pub

“O Aeroporto de Faro está a perder competitividade em relação a aeroportos concorrentes”. A afirmação é do presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), Elidérico Viegas, em entrevista ao programa Pedra de Toque, da Rádio Solar, conduzida por Jorge Magalhães.

Um dos fatores que estão na base disso é o aumento das taxas aeroportuárias que tem vindo a ser levado a cabo pela ANA – Aeroportos de Portugal que tem “reflexos na procura turística e na ocupação dos hotéis e dos empreendimentos turísticos da região”.

Esta situação tem a ver com a situação de monopólio que existe na gestão do aeroporto, uma situação que “deve ser mais acautelada por parte do poder público”, por via de cláusulas nos contratos que acautelem o interesse regional e nacional.

Este ano, o número de turistas que visitam o Algarve está abaixo do registado no ano anterior, sobretudo no que diz respeito aos que são originários do nosso maior mercado, o britânico. Isso resulta, em parte, dos efeitos do Brexit, nomeadamente, no que diz respeito à desvalorização da libra e, por outro lado, “da recuperação progressiva dos países concorrentes, que foram muito afetados no passado, por situações de instabilidade graves”.

Mas, as grandes preocupações da associação que dirige “nem sequer são para este ano, põem-se mais ao nível dos anos vindouros”.

Mas nem tudo é mau. Apesar da quebra do número de turistas, a faturação das unidades hoteleiras tem aumentado, o que é explicado pela recuperação dos preços, que tinham caído para níveis bastante baixos ao longo dos anos de crise.

Outro dos problemas que afetam o setor é o da falta de pessoal qualificado que leva as empresas a recorrer a mão-de-obra não especializada, o que tem reflexos negativos ao nível da produtividade e qualidade. Para dar a volta a isso, Elidérico Viegas defende ser necessário que “se estabeleçam algumas parcerias estratégicas entre o setor público e o privado, no sentido de proporcionar a estes trabalhadores formação contínua, sobretudo durante a estação baixa para que possam melhorar os seus índices de produtividade e a qualidade dos serviços prestados”.

 

Leia também:

GNR detém mulher e apreende mais de 800 doses de heroína e cocaína

PSP de radar em punho (julho)

Ofertas de emprego para o Algarve (20 de julho)

(Visited 264 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.