Homem acusado de 19 crimes

O Ministério Público do DIAP de Faro anuncia ter deduzido acusação para julgamento por tribunal coletivo contra um homem de 32 anos de idade, residente no núcleo dos Hangares da Ilha da Culatra, no Algarve, pela prática de “19 crimes de violação de domicílio, ameaça, ofensa à integridade física, dano, furto e roubo, alguns deles agravados”.

Segundo a acusação, os factos ocorreram entre 17 de julho e 30 de setembro de 2018 em diversos núcleos habitacionais da Ilha da Culatra, no concelho de Faro, tendo sido ofendidos diversos moradores e turistas.

Foi efetuada no processo uma perícia médico-legal de foro psiquiátrico que concluiu pela imputabilidade penal do arguido.

Em comunicado, o Ministério Público adianta, ainda, que “o processo foi arquivado relativamente a diversos factos suscetíveis de constituir crimes de ameaça, furto e ofensa à integridade física que teriam ocorrido no mesmo período de tempo mas relativamente aos quais os ofendidos não apresentaram queixa ou desistiram validamente das que apresentaram”.

O arguido tem antecedentes criminais e encontra-se em prisão preventiva.

 

  Leia também:

Ofertas de emprego para o Algarve (21 de janeiro)

Ofertas de emprego para Câmara algarvia

Ofertas de emprego da semana

(Visited 141 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub