Homem acusado de assassínio vai ser julgado

pub
pub

O Ministério Público (MP), através do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Faro, deduziu acusação para julgamento por tribunal colectivo contra um homem, de 36 anos de idade, que é acusado de crimes de violação tentada, coacção sexual, homicídio qualificado, rapto e profanação de cadáver.

O MP refere, em comunicado, que os crimes remontam a Dezembro de 2014 e ocorreram em Aljezur. Segundo a acusação, “o arguido raptou, tentou violar e matou a filha da sua companheira, desferindo-lhe golpes na cabeça com um instrumento contundente.”

De acordo com o Ministério Público, de seguida, o homem “tentou esconder o corpo e apagar os vestígios do crime.” A jovem tinha 17 anos e o arguido, refere-se na acusação, “actuou com especial frieza de ânimo.”

Após a consumação do crime, o arguido regressou à Roménia, de onde é natural e onde, em Fevereiro de 2017, veio a ser detido por ordem do MP do DIAP de Faro, permanecendo, desde aí, em prisão preventiva.

Leia também:

Um milhão de euros para transformar celeiros em equipamento cultural

A festa dos campeões

PSP de radar em punho (Maio)

(Visited 184 times, 1 visits today)
pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.