Suspeito de violência doméstica fica em prisão preventiva

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve, esta 3ª feira, em Lagos, um homem de 58 anos de idade por suspeitas da prática de um crime de violência doméstica e de um crime de detenção de arma proibida.

Segundo explica o Ministério Público, em comunicado, “o arguido e a vítima namoraram durante 15 anos e casaram em 2015, tendo esta última, em Março de 2016, manifestado intenção de se divorciar. A partir desse momento, o arguido terá, repetidamente, injuriado, agredido, ameaçado de morte, e perseguido a ofendida, designadamente no local de trabalho, bem como entrado em casa desta, contra a sua vontade”.

Apresentado primeiro interrogatório judicial, o arguido, a quem a PSP apreendeu armas e munições proibidas, “ficou em prisão preventiva até se reunirem as condições de ficar sujeito a obrigação de permanência na habitação, com recurso a meios controlo de à distância. Ficou ainda  proibido de contactar a vítima e de deter ou adquirir armas de fogo”.

Leia também:

Idoso morre em incêndio e mulher fica ferida com gravidade

Dois detidos em operação de combate ao tráfico de droga

15 feridos em acidente na Via do Infante

(Visited 532 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.