Apostas na comida e no vinho são mais-valias para o turismo algarvio

A importância do enoturismo, sobretudo numa região turística com características sazonais, como é a algarvia, foi destacada pelo vice-presidente da Câmara de Lagoa, no decorrer da sessão de abertura das III Jornadas de Enoturismo de Lagoa, que se desenvolveu na sexta-feira e no sábado.

Luís Encarnação defendeu a aposta feita pela autarquia na promoção do vinho do concelho e anunciou o estreitamento de ligações com a Adega Cooperativa «Única» que, com a entrada em funções de uma nova direção nova dinâmica e tem vários projetos, de que se destaca a criação de um Museu do Vinho.

O presidente da Região de Turismo do Algarve, João Fernandes, destacou o facto dos turistas enogastronómicos gastarem mais do que os outros, o que “acrescenta valor à procura” e destacou o trabalho que, nesta vertente, está a ser feita pelo organismo que dirige, o qual foi, posteriormente, pormenorizado por uma técnica da RTA.

Outro dos intervenientes na sessão de abertura foi José Arruda, secretário-geral da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), entidade que está a levar a cabo uma campanha de novas adesões, que, no Algarve, já resultou a decisão da Câmara de Lagos de entrar na organização.

A organização de uma verdadeira rota de vinhos do país que abranja todas as regiões é um dos projetos no qual a AMPV está envolvida, referiu também este dirigente.

Nesta sessão houve, de seguida, oportunidade para se ‘espreitar’ o que se faz, em termos de enoturismo, no Brasil, através da intervenção de Ivane Favero, presidente da Associação Internacional de Enoturismo, e em Espanha, através da participação de Isabel Vazquez, da Direção de la Ruta del Vino Ribera del Guadiana.

Outro dos intervenientes foi o empresário Vasco Chaveca, que deu a conhecer a atividade da sua empresa, o Allgav Tuk Tuk, que está a investir em visitas a adegas.

Esta primeira fase das Jornadas ficou concluída com a intervenção da anfitriã, a presidente da Direção da Única, Adega Cooperativa do Algarve.

A segunda parte desta iniciativa consistiu, essencialmente, em vistas técnicas à Quinta dos Santos, Quinta dos Sentidos e Morgado do Quintão.

Artigo relacionado: Adega Cooperativa «Única» ganha nova vida

 

 

Leia também:

15 ofertas de emprego para a Câmara de Albufeira

Mais portugueses nos hotéis algarvios

Adega «Única» ganha nova vida

(Visited 93 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev