Medidas de apoio social em Tavira

pub
pub

O Município de Tavira adotou um conjunto de medidas consideradas “urgentes e excecionais”, centradas na promoção da saúde e inclusão social da população mais vulnerável.

Com vista a aumentar a proteção dos grupos mais frágeis e atenuar o impacto socioeconómico na população, a autarquia informa ter avançado com o seguinte conjunto de apoios:

Serviço de refeições gratuitas, em regime de takeaway, em todas as freguesias. Este auxílio é realizado com a colaboração do Centro Social de Nossa Senhora das Dores (Santa Catarina da Fonte do Bispo), Centro Paroquial de Cachopo, Centro Social de Santo Estêvão, Casa do Povo da Luz e Centro Humanitário da Cruz Vermelha Portuguesa e resulta na distribuição de mais de 80 refeições diárias.

– Serviço de refeições gratuitas, em regime de takeaway, na cidade. Com a cooperação do Centro Humanitário da Cruz Vermelha de Tavira são fornecidas, diariamente, 113 refeições.

– Voucher de Suplemento Essencial (VSE). 240 famílias beneficiam da entrega de um conjunto de senhas que garante a possibilidade de aquisição de bens alimentares essenciais.

– Apoio à Fundação Irene Rolo. A autarquia atribuiu um apoio financeiro de €5.720 a esta instituição com o objetivo de manter o fornecimento das refeições diárias, no âmbito do projeto Chefe à Porta.

Para além destes apoios já em vigor, a Câmara Municipal de Tavira prevê, caso a situação de carência alimentar persista ou evolua para uma maior necessidade de resposta, avançar com a disponibilização diária de mais 500 refeições quentes, em regime de takeaway, sendo que para o efeito contará com a ajuda da Santa Casa da Misericórdia de Tavira, do Centro Humanitário de Tavira e da cantina da Escola EB1 da Horta do Carmo. 

Quanto às pessoas em situação de sem-abrigo, a edilidade implementou um sistema de alojamento provisório de 20 camas todas elas ocupadas neste momento, em quartos modulares/contentor e fornece alimentação diária e kits de higiene. Durante este período, realojou mais 6 pessoas sem-abrigo em residências partilhadas.

Em termos de educação, promoveu a abertura de duas cantinas escolares, também em regime de takeaway, para que os alunos possam usufruir de refeições diárias. 60 alunos do pré-escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico do concelho procuraram este apoio.

A par desta medida, a Câmara assegura a abertura das escolas, uma vez por semana, para que as crianças tenham acesso ao serviço de fotocópias e impressões.

Ainda com o intuito de facilitar o estudo em casa, encontra-se em fase de procedimento a aquisição de 239 tablets, 68 computadores e 43 routers GSM, os quais serão distribuídos pelos alunos sinalizados sem acesso às novas tecnologias de comunicação.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Ponto de situação em Portimão

Covid-19: Mais dois casos no Algarve

Covid-19: Lagos deixou de ter casos ativos

(Visited 51 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub