O mapa da Covid-19 no Algarve (23 de junho)

pub
pub
pub
pub

Lagos já é um dos concelhos algarvios mais afetados pela pandemia da Covid-19, muito devido à festa ilegal realizada em Odiáxere.

O boletim de hoje da Direção-Geral da Saúde (DGS) continua a atribuir àquele concelho 64 casos, mas trata-se de um número que está claramente desatualizado.

Com efeito, em comunicado emitido ontem, e com dados relativos às 24 horas de domingo, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve indicava que a festa tinha originado 111 casos, 74% dos quais em Lagos.

Isso significa que só aquele evento contribuiu para a ocorrência de 82 casos no concelho lacobrigense. Tendo em conta que, antes dele, já havia, pelo menos, 4 casos contabilizados e que, entretanto, terão ocorrido dois não relacionados com a festa, isso atira o total acumulado para 88 casos.

Voltando ao boletim de hoje da DGS, o concelho que é contabilizado com o maior número de casos continua a ser Albufeira, com 93.

Embora tendo em conta que os dados atribuídos por aquele organismo aos concelhos não é completo e, em alguns casos, está desatualizado, aqui fica o mapa algarvio da Covid-19 da DGS:

Albufeira: 93

Loulé: 76

Faro: 70 (Em princípio ainda não estarão contabilizados os dois últimos casos ocorridos numa escola, pelo que o número global deverá subir para 72)

Lagos: 64 (Pelas nossas contas o número acumulado já deverá atingir 88)

Portimão: 60 (A Câmara contabilizava, ontem, 71)

Tavira: 29

Silves: 23

Vila Real de Sto. António: 16

Olhão: 14

Lagoa: 13

Monchique: 8

Vila do Bispo: 4 (A Câmara diz que os infetados estão registados mas não vivem no concelho)

São Brás de Alportel: 3 (A Câmara indicava, ontem, 4)

Castro Marim: 3

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: DGS regista mais 7 casos no Algarve

Oferta de emprego para a EMARP

Festa de Odiáxere já deu origem a 111 casos

(Visited 1.189 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub