PJ detém homens que se faziam passar por inspetores da ASAE

pub
pub
pub
pub

A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve dois homens, pela presumível autoria dos crimes de burla qualificada, extorsão e abuso de designação, sinal ou uniforme, ocorridos nos últimos meses, em diversas zonas do país.

De acordo com a PJ, os suspeitos, que se faziam passar por inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), contactavam telefonicamente os proprietários de estabelecimentos comerciais, essencialmente restaurantes, fazendo crer que existiam processos pendentes sobre irregularidades ali detetadas e solicitavam o pagamento de uma determinada quantia para o processo ficar resolvido.

As burlas ocorreram de Norte a Sul do País, estando ainda por delimitar toda a atividade delituosa dos suspeitos uma vez que muitos dos ofendidos não apresentaram queixa, por terem ficado convencidos que o seu interlocutor telefónico era efetivamente um elemento da ASAE.

Os detidos, de 55 e 32 anos de idade, têm antecedentes criminais pelos crimes de furto e tráfico de estupefacientes.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19 Portimão: Quatro recuperações e um novo caso

Homem detido por violência doméstica

Câmara de Lagoa promove programa de animação

(Visited 31 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub
pub