PSP de Portimão apreende uma centena de peças de roupa

pub

Elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Portimão, procederam à apreensão de 100 peças de roupa, pelo crime de uso ilegal de marca.

Em comunicado, a PSP adianta que, “ao final da manhã de ontem, a Equipa de Segurança ao Turismo desta Esquadra, em patrulhamento na zona da Praia da Rocha, verificou que se encontrava uma mulher de 41 anos, com vários artigos de vestuário expostos sob um pano no chão, em clara prática de venda ambulante”.

Após a abordagem “foi possível verificar que os artigos de vestuário tinham aposto vários nomes de marcas oficiais, bem como as suas etiquetas eram idênticas/iguais às de marca oficial, mostrando também o preço praticado”.

No documento, acrescenta-se que, “questionada sobre a proveniência dos artigos, não soube prestar informação de relevo, nem apresentava qualquer documento comprovativo da sua aquisição. Afirmou também não possuir qualquer autorização para comercializar artigos com marca registada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, praticando assim um crime de uso ilegal de marca”.

Foram contactados representantes legais das várias marcas, tendo estes manifestado desejar procedimento criminal exercido através do direito de queixa.

No seu conjunto foram apreendidas 100 peças de vestuário, sendo elas t-shirts, calções e vestidos de 22 marcas oficiais.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: DGS regista 20 novos casos no Algarve

Covid-19: Ponto de situação em Armação de Pêra

Investimento de 1,6 milhões de euros nas estradas algarvias

(Visited 224 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub