Deputados do PSD querem programa específico para o Algarve

pub

Os deputados do PSD eleitos pelo Algarve informam ter apresentado quatro propostas de alteração ao orçamento do Estado para 2021.

Aqueles eleitos pretendem que as portagens da Via do Infante tenham uma redução entre 50 e 75% para veículos elétricos, que seja construído o hospital central do Algarve, que se proceda ao aumento imediato de fundos comunitários a que o Algarve não tem acesso por se tratar de região de transição ou, em alternativa, a sua substituição por verbas do orçamento de modo a combater a crise e promover o emprego.

A quarta proposta é a de que o Governo avance com uma negociação, em Bruxelas, de um fundo específico para o turismo no quadro comunitário que se inicia em 2021.

No entender de Cristóvão Norte, Rui Cristina e Ofélia Ramos, “a região depara-se com a mais aguda crise que jamais enfrentou, bem maior do que no resto do país, e embora o Governo tenha-se comprometido com um programa específico para a região, esse instrumento não está inscrito no orçamento, nem o Governo voltou a falar dele sempre que questionado”.

Estes parlamentares consideram que o executivo de António Costa “está a tentar apagar o fogo com um borrifador, enquanto isso, todos testemunhamos o desespero de empresários e trabalhadores, os quais repousam a sua última esperança na intervenção pública que se lhes nega, ou atrasa. No Algarve, o problema é muito pior, basta ver o número de falências e desemprego. O Governo esquece-se do que prometeu e desilude o Presidente da República que afirmou que um programa específico para o Algarve era um desígnio nacional.”

LEIA TAMBÉM:

Segundo dia consecutivo com mais de uma centena de casos de Covid-19 no Algarve

Este empreendedor quer pôr os algarvios a poupar muita água… e dinheiro

12 ofertas de emprego

(Visited 31 times, 2 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub