Olhão distribui 500 cabazes de Natal

pub

O Município de Olhão atribuiu, nos últimos dias, 500 cabazes alimentares às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, que os distribuíram pelas famílias mais carenciadas.

Desta feita, contactadas todas as IPSS, a ACASO, Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Olhão, Verdades Escondidas Associação, Celeiro do Amor e Nova Aliança Centro Social (NACS) de Olhão, solicitaram e receberam esse apoio. 

“Esta foi só mais uma ajuda, já que trabalhamos, todo o ano, com as nossas IPSS, em parceria com a Rede Social de Olhão, para que ninguém passe fome no nosso concelho. Por isso, alerto, mais uma vez: se alguém está a necessitar de ajuda alimentar e ainda não é apoiado, deve contactar as IPPS do concelho ou o Município”, diz o presidente da Câmara, António Pina.

Durante estes últimos meses, o Município aumentou também os apoios que já dava às instituições que auxiliam os mais carenciados, devido às dificuldades que muitas famílias enfrentam, ainda mais devido à pandemia de covid-19. Foram ainda atribuídos mais apoios financeiros às instituições ACASO e Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Moncarapacho-Fuseta, para aquisição de duas câmaras frigoríficas que permitirão guardar os bens alimentares recebidos.

Recentemente, foi também aprovado um apoio financeiro ao Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve, para que esta entidade consiga fazer face às perdas de donativos alimentares, também decorrentes da pandemia que vivemos.

Mais de 800 famílias olhanenses são atualmente auxiliadas com bens alimentares, através das IPSS do concelho e do Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve, entidades que contam com o apoio do Município de Olhão.

LEIA TAMBÉM:

Ofertas de emprego da semana

10 ofertas de emprego

Três ofertas de emprego para Câmara

(Visited 31 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub