Vila do Bispo prepara-se para a época de incêndios

A presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Rute Silva, visitou, recentemente, os trabalhos de silvicultura preventiva que estão a ser executados no concelho para prevenir os riscos associados aos incêndios rurais/florestais.

No local, ouviu as explicações sobre as intervenções que estão a ser realizadas nos sítios previamente definidos em articulação com o Serviço Municipal de Proteção Civil, o Gabinete Técnico Florestal da Associação de Municípios das Terras do Infante e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). 

A semelhança dos anos anteriores, estes trabalhos tem como objetivo mitigar os riscos associados ao fenómeno dos incêndios rurais/florestais e preparar condições para um combate eficaz. Com a redução estratégica da carga de combustível acumulada, sem colocar em causa a preservação dos recursos florestais, torna-se possível a diminuição da intensidade e propagação dos incêndios melhorando os acessos e facilitando as operações de extinção.

Desde o início do ano já foram intervencionados mais de 32 hectares pela equipa de Sapadores Florestais de Vila do Bispo, abrangendo toda área envolvente da Aldeia da Pedralva até a EN268 e o Perímetro Florestal Vila do Bispo (Torre De Aspa; Casa do Guarda Florestal; Charnequinha do Castelejo, Ataboeira, Cerro da Barriga, Lomba do Covão da Azinheira e a Lomba dos Verdalhos).

Em fase de conclusão está uma intervenção a decorrer entre a Zona do Pardieiro até o limite com concelho de Lagos (Zona da Vinha Velha), que abrange uma área superior a 26 hectares.

Está previsto ainda, antes do período critico, intervencionar o caminho que liga o marco geodésico do Pardieiro até a Casa Velha em Barão de São Miguel. 

De 1 de junho até 31 de outubro a equipa de Sapadores Florestais, no âmbito do Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais – DECIR 2022, estará envolvida nas ações de vigilância e 1ª intervenção.

No âmbito da candidatura conjunta realizada pelos municípios da Terras do Infante ao PDR2020, foi executada entre novembro 2021 e fevereiro 2022 a rede primária de Vila do Bispo, com uma área aproximada de 200 hectares. A Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível (RPFGC) funciona como um elemento estruturante da paisagem rural, planeado e desenhado a uma escala distrital, a fim de desempenhar um conjunto de funções assentes na defesa de pessoas e bens e do espaço florestal. 

LEIA TAMBÉM:

Salvador Varela: De África para a Praia da Rocha com escala no Alasca

Festival da Sardinha regressa a Portimão

12 ofertas de emprego

(Visited 73 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub