PCP promove debate sobre o Serviço Nacional de Saúde

pub
pub

“Salvar o SNS, Defender o direito à Saúde” é o tema de um debate público que, promovido pelo Partido Comunista Português (PCP), vai ter lugar em Loulé, na próxima quarta-feira, dia 29 de junho.

A iniciativa contará com a participação de Bernardino Soares, membro do Comité Central daquele partido, e decorrerá na Avenida José da Costa Mealha (frente ao CineTeatro Louletano), a partir das18 horas.

Em comunicado, o PCP diz que “a degradação do Serviço Nacional de Saúde, quer na região do Algarve, quer no País, é inseparável das opções de sucessivos governos de submissão ao défice das contas públicas – que impede o investimento nos serviços públicos – e de favorecimento dos interesses dos grupos económicos privados que beneficiam do desvio de recursos do sector público para o sector privado”.

No que ao Algarve diz respeito, os comunistas apontam exemplos como “o encerramento da urgência de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital de Portimão, que se junta aos encerramentos já verificados na urgência pediátrica no Hospital de Faro. Mas este é apenas mais um problema entre muitos outros – designadamente nos cuidados de saúde primários, com 90 mil pessoas sem médico de família na região – que não encontram resposta nas opções do Governo”.

O PCP adianta que “esta situação revela não só a ausência de medidas que garantam a atração e fixação de médicos e de outros profissionais de saúde no SNS – como o PCP tem proposto designadamente durante a discussão da proposta de Orçamento do Estado para 2022 – mas também, uma política que contribui para alimentar o negócio dos grupos económicos privados que lucram com a falta de resposta do SNS”.

Leia também:

Homem detido por violência doméstica em Portimão

Oito ofertas de emprego para a Câmara de Lagoa

Pedro Abrunhosa atua em Lagos

(Visited 26 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub